Paraná

Beneficiado por ‘saidinha’, homem que atirou na cabeça de PM está foragido

Foto: Reprodução/Plantão Maringá
Beneficiado por ‘saidinha’, homem que atirou na cabeça de PM está foragido
Redação
OBemdito
5 de agosto de 2022 10h22

Considerado um criminoso de alta periculosidade, Marcos Paulo Leite da Silva, de 25 anos, foi dado como foragido após utilizar o benefício da “saidinha” do sistema prisional de Sarandi. Conhecido como Nego Fi, ele foi condenado por atirar na cabeça de um policial da Rotam (Rondas Ostensivas Táticas) em 2017.

Na época, Marcos foi condenado por homicídio qualificado tentado e recebeu a pena de 11 anos de prisão em regime fechado em um julgamento ocorrido no dia 21 de novembro de 2018. O episódio chocou tanto a população quanto os militares na época, que classificaram o acusado como um dos mais procurados da cidade.

O atentado aconteceu durante uma tentativa de prisão do jovem pelo policial, que acabou sendo atingido na cabeça por disparos, porém felizmente resistiu aos ferimentos e sobreviveu. Outro policial também foi alvejado por Nego Fi, mas o colete balístico acabou salvando sua vida.

Durante o fogo cruzado, Nego Fi também recebeu seis disparos dos militares e apesar dos ferimentos, acabou sobrevivendo.

Qualquer informação sobre a possível localização do suspeito pode ser relatada anonimamente à PM através do telefone 190.

(Redação, com informações Plantão Maringá)

Participe do nosso grupo no WhatsApp e receba as notícias do OBemdito em primeira mão.