Brasil

Pesquisa da ANP mostra que preço médio da gasolina segue em disparada

Segundo o IBGE, combustível acumula no ano uma alta de 31,09%

FOTO: FERNANDO FRAZÃO/AGÊNCIA BRASIL
Pesquisa da ANP mostra que preço médio da gasolina segue em disparada
Redação
OBemdito
14 de setembro de 2021 15h00

Levantamento da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) mostra que o preço médio da gasolina subiu pela sexta semana consecutiva nos postos do Brasil. Foram pesquisados 4.434 postos em todo o país.

O preço médio da gasolina na semana encerrada no dia 11 de setembro subiu de R$ 6,007 para R$ 6,059 por litro, em apenas uma semana. O preço mais alto encontrado foi de R$ 7,185 o litro, e o mais baixo, R$ 5,15.

A ANP também apurou que o valor médio do litro do diesel aumentou de R$ 4,627 para R$ 4,695 na semana. Já o preço do litro do etanol subiu de R$ 4,611 para 4,653 na semana. 

O combustível se transformou em um dos vilões da inflação neste ano e é responsável por afetar duramente o orçamento das famílias brasileiras, já prejudicadas pela alta dos alimentos e da energia elétrica.

Segundo o IBGE, a gasolina acumula no ano uma alta de 31,09%.

Os preços de venda dos combustíveis seguem o valor do petróleo no mercado internacional e a variação cambial. Dessa forma, uma cotação mais elevada da commodity e/ou uma desvalorização do real têm potencial para contribuir com uma alta de preços no Brasil, por exemplo. 

Com informações do G1.

Participe do nosso grupo no WhatsApp e receba as notícias do OBemdito em primeira mão.

LEIA TAMBÉM