Sicred
Instituto Nossa Senhora Aparecida
Redação Publisher do OBemdito

Crianças e adolescentes do Ceju e da Guarda Mirim têm palestra sobre trabalho infantil

A palestra foi ofertada através do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil

Foto: Assessoria PMU
Foto: Assessoria PMU
Crianças e adolescentes do Ceju e da Guarda Mirim têm palestra sobre trabalho infantil
Redação - OBemdito
Publicado em 9 de julho de 2024 às 17h33 - Modificado em 9 de julho de 2024 às 17h33
Cupom Local
Gastro Umuarama
Atlanta Pneus
9 Espetaria
Porto Camargo

Por meio do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti), a Secretaria Municipal de Assistência Social realizou mais uma ação de combate ao trabalho infantil. Na última sexta-feira (5), crianças e adolescentes participantes das oficinas do Centro da Juventude de Umuarama (Ceju) e da aprendizagem da Associação Regional de Assistência ao Menor (Aram)/ Guarda Mirim, assistiram a uma palestra sobre trabalho Infantil, ministrada pelo profissional Leandro Nunes Meller.

A palestra foi realizada no auditório do Ceju, ficou praticamente lotado. “Foi incrível ver tantas crianças e adolescentes atentos e interagindo com um tema tão importante, como é o trabalho infantil”, afirmou a coordenadora do Peti, Daniele Ferreira da Maia.

Além de ser graduado em Direito, Meller possui ampla experiência em políticas públicas de assistência social, setor em que atua desde 2003. O palestrante veio especialmente de Curitiba para compartilhar seus conhecimentos com a criançada e abordou de forma certeira e didática a questão do trabalho infantil.

A palestra veio para fechar com ‘chave de ouro’ a campanha do Peti alusiva ao 12 de junho, dia mundial de combate ao trabalho infantil. “Por isso, intensificamos em junho as ações voltadas a prevenção deste grave problema da nossa sociedade. É importante abordar o tema e nunca é demais explicar o que é o trabalho infantil e suas consequências”, complementa a secretária de Assistência Social, Dayanne Paola Demozzi.

O Peti tem sua sede junto à Secretaria de Assistência Social e é mais um canal de denúncia caso algum cidadão identifique crianças e adolescentes em situação de trabalho infantil. “Basta ligar para o telefone (44) 3906-1039 e denunciar, que tomaremos providências. Além do Peti temos ainda o Disque 100 e o Conselho Tutelar, pelo fone (44) 98402 9641, para receber denúncias”, completou Daniele da Maia.

(Reportagem: Assessoria PMU)

Participe do nosso grupo no WhatsApp e receba as notícias do OBemdito em primeira mão.

Porto Camargo