Sicred
Instituto Nossa Senhora Aparecida
Redação Publisher do OBemdito

Para comemorar os 69 anos de Umuarama, prefeitura inova e realiza missas em 13 paróquias

A primeira-dama Maria Dulce Barreiros Pozzobom ficou responsável pela coordenação da trezena

Foto: Assessoria PMU
Foto: Assessoria PMU
Para comemorar os 69 anos de Umuarama, prefeitura inova e realiza missas em 13 paróquias
Redação - OBemdito
Publicado em 25 de junho de 2024 às 19h20 - Modificado em 25 de junho de 2024 às 19h20
Atlanta Pneus
9 Espetaria
Porto Camargo
Gastro Umuarama
Cupom Local

Unir as famílias para rezar agradecendo o passado, comemorar o presente e pedir a Deus por um futuro iluminado para Umuarama: estes foram os objetivos da trezena realizada pela Prefeitura em comemoração ao aniversário de 69 anos do município. Pela primeira vez houve uma ‘descentralização’ e, em vez da celebração de apenas uma Missa de Ação de Graças na Igreja Matriz, foi rezada uma trezena – ou seja, 13 missas – em 13 paróquias diferentes.

De acordo com o prefeito Celso Pozzobom, ele já havia recebido a solicitação de padres de diversas paróquias para facilitar a vida dos católicos que, em muitos casos, não tinham condições de se deslocar de suas casas para ir até a Matriz São Francisco de Assis, que fica no Centro da cidade. “Para nós foi realmente uma grata surpresa: as missas estavam sempre todas lotadas, os fiéis comemorando e rezando com fé, todos juntos em agradecimento tanto à vida dos umuaramenses quanto para que nossa cidade seja sempre um lugar abençoado e de paz para todos”, relatou.

A primeira-dama Maria Dulce Barreiros Pozzobom, que ficou responsável pela coordenação da trezena, comentou que, após analisarem o crescimento da cidade e o aumento do número de paróquias nos últimos anos, eles decidiram expandir as celebrações. “Participei de reunião com os padres Luiz César Bento [pároco da Catedral] e Eder Camilo Pãoeagua [pároco da São José Operário]. Eles gostaram muito da ideia e a levaram ao Decanato, que aprovou imediatamente a ação”, detalha.

Ela classificou a experiência da descentralização como ‘incrível’, principalmente pelo fato de terem sido muito bem recebidos em todas as paróquias, onde só ouviram elogios. “Muita gente comentou que até gostaria de participar da missa solene realizada na Matriz, mas que a distância impedia. Desta forma, muitos irmãos agradeceram por ter a oportunidade de rezar por Umuarama e seus moradores. Espero que esta seja uma obra que se repita nos próximos anos”, relatou.

A missa de envio [primeira celebração] foi realizada no dia 11 de maio na Catedral Divino Espírito Santo e a de encerramento foi no dia 23 de junho na Matriz São Francisco de Assis. As outras paróquias a receberam as missas foram São José Operário (12/05), Capela Santo Antonio, em Lovat (19/05), São Vicente Pallotti, no Jardim San Fernando (25/05) e a Santa Luzia, no Parque Dom Pedro II (26/05).

Também foram realizadas celebrações nas paróquias Nossa Senhora Aparecida, no Alto da Boa Vista (01/06), Santo Expedito, no Sonho Meu (02/06), São Paulo Apósto, na Anchieta (08/06), São Lucas e São Cristóvão (09/06), Santa Clara de Assis, no Jardim Cruzeiro (15/06), Santuário Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, no Jardim Panorama (16/06) e Sagrado Coração de Jesus, no Belvedere (22/06).

(Assessoria PMU)

Participe do nosso grupo no WhatsApp e receba as notícias do OBemdito em primeira mão.

Porto Camargo