Umuarama 69 anos
Sicred
Lançoni
Instituto Nossa Senhora Aparecida
Redação Publisher do OBemdito

Mulher que atacou jovem com soda cáustica é denunciada por tentativa de assassinato

A vítima é a ex-namorada do atual companheiro da acusada

Foto: Catve
Foto: Catve
Mulher que atacou jovem com soda cáustica é denunciada por tentativa de assassinato
Redação - OBemdito
Publicado em 7 de junho de 2024 às 15h55 - Modificado em 7 de junho de 2024 às 15h55
Porto Camargo
Atlanta Pneus
Gastro Umuarama
Lançoni
9 Espetaria
Cupom Local

A mulher que jogou soda cáustica contra a jovem Isabelly Aparecida Ferreira Moro, de 23 anos, ex-namorada de seu companheiro, foi denunciada por tentativa de homicídio. O crime ocorreu em Jacarezinho, em plena via pública, no dia 22 de maio.

A denúncia, apresentada pela 1ª Promotoria de Justiça da comarca, aponta as qualificadoras de uso de recurso que dificultou a defesa da vítima, motivo fútil (ciúmes), emprego de meio cruel e feminicídio (crime praticado contra mulher por razões da condição do sexo feminino).

Além da condenação por homicídio tentado qualificado, o MPPR requer que seja fixada quantia para reparação dos danos materiais, morais e estéticos sofridos pela vítima. A denunciada está atualmente presa preventivamente na Cadeia Pública de Santo Antônio da Platina.

A suspeita relatou que a substância utilizada era uma mistura de soda cáustica com água. Ela trazia consigo uma calça, que teria sido usada no momento do crime, e um celular. Isabelly está internada com queimaduras no rosto, região do peito e boca.

Ela também disse que jogou a peruca usada durante a prática do delito em meio ao matagal. Os policiais realizaram buscas, porém, não conseguiram encontrar o item. A mulher foi detida e encaminhada à delegacia de polícia de Jacarezinho.

A Polícia Civil divulgou imagens que mostram a suspeita usando uma peruca loira para evitar ser reconhecida. Segundo o Portal da Cidade Jacarezinho, a vítima ingeriu parte do ácido e foi encaminhada por um morador ao pronto-socorro municipal.

As imagens das câmeras de monitoramento mostram o momento em que a vítima se debate no chão e é ajudada por moradores. Após ser atingida, a jovem correu e pediu ajuda a populares. A funcionária de um bar localizado nas proximidades encontrou uma sacola preta e um copo molhados em via pública, itens que podem ter sido usados pela criminosa.

A Polícia Militar apreendeu a sacola e o copo, que foram encaminhados à delegacia da Polícia Civil. Em nota, a Polícia Civil afirmou que testemunhas estão sendo ouvidas e imagens analisadas.

(Com informações Catve)

Participe do nosso grupo no WhatsApp e receba as notícias do OBemdito em primeira mão.

Uvel
Porto Camargo