Lançoni
Umuarama 69 anos
Instituto Nossa Senhora Aparecida
Sicred
Jaqueline Mocelin Publisher do OBemdito

Estado confirma morte de morador de Umuarama de 64 anos em decorrência da dengue

A 12ª Regional de Saúde, com sede em Umuarama, tem 17.832 casos de dengue até o momento

Foto ilustrativa: Pedro Ribas/ANPr
Foto ilustrativa: Pedro Ribas/ANPr
Estado confirma morte de morador de Umuarama de 64 anos em decorrência da dengue
Jaqueline Mocelin - OBemdito
Publicado em 28 de maio de 2024 às 19h28 - Modificado em 29 de maio de 2024 às 10h39
Gastro Umuarama
9 Espetaria
Cupom Local
Atlanta Pneus
Lançoni
Porto Camargo

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) divulgou nesta terça-feira (28) o novo boletim epidemiológico semanal da dengue. O Paraná registrou mais 51.897 notificações, 37.221 novos casos da doença e 34 óbitos. Ao todo, desde o início deste período epidemiológico, em julho de 2023, o Estado contabiliza 771.442 notificações, 431.012 casos e 358 mortes em decorrência da dengue.

O boletim do estado confirmou mais uma morte em decorrência da dengue em Umuarama. A vítima era um paciente do sexo masculino, com 64 anos e sem comorbidades. O óbito ocorreu no dia 30 de março deste ano. Esta é a terceira morte provocada pela doença que foi confirmada na cidade.

A 12ª Regional de Saúde, com sede em Umuarama, tem 17.832 casos de dengue até o momento. No último boletim da Sesa eram 15.913 casos confirmados. O número de óbitos subiu de 13 para 14 nesta semana. As mortes aconteceram nas cidades a seguir: Mariluz (4), Umuarama (3), Francisco Alves (2), Ivaté (2), Pérola (1), Alto Piquiri (1) e Cruzeiro do oeste (1).

NO ESTADO

Os 34 novos óbitos em todo o Paraná ocorreram entre 2 de março e 16 de maio. São 14 homens e 20 mulheres com idades entre 9 meses e 99 anos. As pessoas residiam em Paranaguá, Curitiba, Ponta Grossa (2), Ampére, Dois Vizinhos, Francisco Beltrão, Santo Antônio do Sudoeste, Verê, Capitão Leônidas Marques, Cascavel (2), Formosa do Oeste, Quedas do Iguaçu, Quinta do Sol (2), Umuarama, Marialva, Paiçandu, Sarandi (2), Kaloré, Jaguapitã, Londrina (5), Primeiro de Maio, Tamarana (2) e Santo Antônio da Platina (3). Desse total, 22 apresentavam comorbidades.

De acordo com o boletim, a 8ª Regional de Saúde de Francisco Beltrão possui mais casos confirmados em números absolutos, com 56.003 confirmações, seguida pela 10ª RS de Cascavel, com 52.928, e 17ª RS de Londrina, com 47.083 casos.

Com relação aos óbitos, a 17ª RS de Londrina apresentou o maior número (69), seguida pela 10ª RS de Cascavel (58) e a 8ª RS de Francisco Beltrão (46).

Informações sobre chikungunya e zika, transmitidas também pelo mosquito Aedes aegypti, constam no mesmo documento. Neste período houve o registro de sete novos casos de chikungunya, somando 141 confirmações e 1.671 notificações da doença no Estado.

Desde o início deste período não houve confirmação de casos de zika vírus, com 125 notificações registradas.

Confira o informe semanal AQUI. Mais informações sobre a dengue estão neste LINK.

(Reportagem: AEN e OBemdito)

Participe do nosso grupo no WhatsApp e receba as notícias do OBemdito em primeira mão.

Porto Camargo
Uvel