Sicred
Lançoni
Instituto Nossa Senhora Aparecida
Umuarama 69 anos
Agência Estadual Publisher do OBemdito

Mais de 11 mil bebês foram beneficiados com doações de leite materno no Paraná

O Dia Mundial de Doação de Leite Humano, celebrado em 19 de maio (domingo), simboliza a importância deste ato que […]

Foto: Pamela Bergamasco/Arquivo Pessoal
Foto: Pamela Bergamasco/Arquivo Pessoal
Mais de 11 mil bebês foram beneficiados com doações de leite materno no Paraná
Agência Estadual - OBemdito
Publicado em 17 de maio de 2024 às 10h18 - Modificado em 17 de maio de 2024 às 10h18
Gastro Umuarama
Lançoni
Cupom Local
9 Espetaria
Atlanta Pneus
Porto Camargo

O Dia Mundial de Doação de Leite Humano, celebrado em 19 de maio (domingo), simboliza a importância deste ato que protege e pode salvar a vida de muitos bebês prematuros internados nas Unidades de Tratamento Intensivo Neonatal (UTIN) do Estado. No Paraná, mais de 11 mil bebês receberam a doação de 21.325 litros de leite em 2023. Apesar da quantidade, ela ainda é insuficiente para atender a demanda de todas as UTINs.

Para ampliar esse quantitativo, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) faz um chamado à população sobre a doação de leite humano, no intuito de sensibilizar profissionais da área e lactantes.

Para atender às necessidades da assistência neonatal são disponibilizados os bancos de leite humano, que oferecem serviços especializados, fazem a coleta e o processamento do leite doado com rigoroso controle de qualidade. Depois, distribuem para bebês prematuros e de baixo peso, além de oferecer atendimento de orientação, manejo e apoio à amamentação.

“A doação do leite materno é um gesto de solidariedade que traz esperança. Esse alimento, rico em nutrientes e anticorpos essenciais para a saúde do recém-nascido, precisa chegar a todos que precisam, e por isso o Governo do Estado dá todo o suporte necessário para que essa alimentação crucial para prematuros esteja disponível”, destacou o secretário Beto Preto.

Estima-se que, a cada ano, 5,3 mil bebês paranaenses prematuros ou de baixo peso nasçam no Estado, o que corresponde a 11,2% do total de nascidos vivos. O número corresponde à média dos últimos três anos.

Laura Maciel faz parte deste perfil. Ela nasceu prematura, em novembro do ano passado, com apenas 31 semanas e 1.905 kg, no município de Umuarama, no Noroeste do Estado. A mãe, Pamela Bergamasco, recorreu à Associação Beneficente de Saúde do Noroeste do Paraná (Norospar), que oferece um banco de leite humano para apoio aos bebês e às mamães lactantes.

“A Laura ficou 20 dias entre UTI e UCI, intercalando o leite materno e a chuquinha com fórmula. Meu sonho sempre foi amamentar e, todos os dias, eu fazia a coleta no banco de leite antes da visita. Eu tinha esse medo dela não pegar o peito quando tivesse alta hospitalar. Quando ela saiu, nós fomos ao banco de leite e tivemos muito auxílio. Foi maravilhoso”, disse.

DOAÇÕES – O Paraná possui 15 bancos de leite humano e 15 postos de coleta. Toda mãe que amamenta é uma possível doadora. Para doar, basta ser saudável e não estar usando nenhum medicamento que interfira na amamentação.

Qualquer quantidade disponibilizada pode ajudar. Cerca de 1 ml de leite já é suficiente para nutrir um recém-nascido a cada refeição, dependendo do peso do bebê. Cada recipiente de 300 ml pode ajudar até 10 recém-nascidos por dia.

Para doar é só entrar em contato com o banco de leite humano ou posto de coleta mais próximo de sua residência.

REDUÇÃO DA MORTALIDADE – Em alusão à data mundial, a 12ª Regional de Umuarama, Maternidade Norospar e municípios realizaram na semana passada, no auditório da Unipar – Universidade Paranaense, dois eventos direcionados aos profissionais de saúde da Atenção Primária, enfermeiros, agentes comunitários de saúde (ACS) e nutricionistas. Os encontros tiveram a finalidade de ampliar o número de doações de leite materno e ressaltar a importância dessas iniciativas como uma estratégia para redução da mortalidade infantil na Regional, que abrange 21 cidades.

BENEFÍCIOS – De acordo com o Ministério da Saúde, a amamentação é a forma de proteção mais econômica e eficaz para redução da morbimortalidade infantil, com grande impacto na saúde da criança, diminuindo a ocorrência de diarreias, afecções perinatais e infecções, principais causas de morte de recém-nascidos. Ao mesmo tempo, traz inúmeros benefícios para a saúde da mulher, como a redução das chances de desenvolver câncer de mama e de ovário.

Estima-se que o aleitamento materno seja capaz de diminuir em até 13% a morte de crianças menores de 5 anos em todo o mundo por causas preveníveis. Nenhuma outra estratégia isolada alcança o impacto que a amamentação tem na redução das mortes de crianças nessa faixa etária.

Bancos de leite:

Apucarana – Hospital da Providência

Campo Mourão – Hospital Santa Casa de Campo Mourão

Cascavel – Hospital Universitário do Oeste do Paraná

Curitiba – Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná, Hospital Universitário Evangélico Mackenzie, Hospital do Trabalhador

Foz do Iguaçu – Hospital Ministro Costa Cavalcanti

Guarapuava – Banco de Leite Humano São Vicente de Paulo

Londrina – Banco de Leite Humano Maria Lucilia Monti Magalhães

Maringá – Hospital Universitário Regional de Maringá

Pato Branco – Banco de Leite Humano São Lucas

Ponta Grossa – Hospital da Criança Prefeito João Vargas de Oliveira

São José dos Pinhais – Hospital e Maternidade São José dos Pinhais

Umuarama – Banco de Leite Humano Norospar

Toledo – Banco de Leite Humano Dr. Jorge Nisiide

Postos de coleta:

Apucarana – HPMI

Arapongas – CISAM

Cambé – Unidade de Lactação de Cambé

Cascavel – Hospital São Lucas FAG e Hospital Policlínica

Cornélio Procópio – Casa da Misericórdia de Cornélio Procópio

Curitiba – Hospital Pequeno Príncipe

Foz do Iguaçu – Santa Terezinha de Itaipu

Londrina – Maternidade Municipal Lucilla Ballalai, Hospital do Coração de Londrina/Bela Suíça e Hospital Evangélico

Maringá – Irmandade Santa Casa de Misericórdia de Maringá

Paranavaí – Paranavaí Acolhe Seu Filho com Amor

Pato Branco – Hospital PoliclínicaRolândia – Unicoamor

Participe do nosso grupo no WhatsApp e receba as notícias do OBemdito em primeira mão.

Uvel
Porto Camargo