Sicred
Lançoni
Umuarama 69 anos
Instituto Nossa Senhora Aparecida
Agência Estadual Publisher do OBemdito

Sanepar envia caminhões-pipa para atender pessoas sem água no Rio Grande do Sul

A Sanepar enviou na manhã desta terça-feira (7) cinco caminhões-pipa, cada um com capacidade para até 12 mil litros de […]

Foto: Geraldo Bubniak/AEN
Foto: Geraldo Bubniak/AEN
Sanepar envia caminhões-pipa para atender pessoas sem água no Rio Grande do Sul
Agência Estadual - OBemdito
Publicado em 7 de maio de 2024 às 10h23 - Modificado em 7 de maio de 2024 às 10h23
Gastro Umuarama
Cupom Local
Lançoni
9 Espetaria
Atlanta Pneus
Porto Camargo

A Sanepar enviou na manhã desta terça-feira (7) cinco caminhões-pipa, cada um com capacidade para até 12 mil litros de água, para o Rio Grande do Sul. Dois veículos partiram de Curitiba, enquanto os demais saíram de Ponta Grossa, Pato Branco e Foz do Iguaçu. Eles vão pegar água em estações preservadas no Rio Grande do Sul e ajudar no abastecimento do Estado, que tem mais de 850 mil pessoas sem água – em Porto Alegre, 85% da população chegou a ficar sem água.

A companhia de saneamento também colocou à disposição do governo gaúcho três reservatórios modulares com capacidade para armazenamento de 70 mil litros de água cada. Os contêineres são equipados com um sistema de pressurização que torna mais ágil e fácil o reabastecimento. Além disso, um engenheiro mecânico, três eletricistas e motoristas da Sanepar viajarão ao Rio Grande do Sul para operar os equipamentos e veículos até que o abastecimento de água dos municípios gaúchos seja normalizado.

A ação integra a campanha SOS RS, coordenada pelo Gabinete da Primeira-Dama e a Defesa Civil Estadual. Dentre as ações 190 toneladas de mantimentos e equipamentos foram encaminhadas nesta segunda-feira (06), e a Defesa Civil estima que outras 300 toneladas sejam enviadas ao Rio Grande do Sul ao longo desta semana. Os quartéis do Corpo de Bombeiros e sedes das Brigadas Comunitárias continuam a receber alimentos não perecíveis. As unidades do Instituto Água e Terra também passaram a receber doações.

Assim como outras entidades, a Central de Abastecimento do Paraná (Ceasa-PR) também está se mobilizando junto ao Sindicato dos Permissionários (Sindaruc) para organizar a doação de alimentos secos e água.

SALVAMENTO – Desde o início da operação de apoio, na semana passada, as forças de salvamento e segurança do Paraná já resgataram 857 pessoas, sob orientação das forças gaúchas. Eles estão mobilizados em cidades atingidas por alagamentos e trabalham ao lado de voluntários, forças de salvamento de outros estados e das forças armadas. São 34 bombeiros paranaenses mobilizados, além de dois policiais militares com um helicóptero do Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMOA).

Além disso, nessa terça-feira mais 28 policiais militares, viaturas, um barco e outro helicóptero serão encaminhados para ajudar no policiamento ostensivo. Mais de 400 cidades foram atingidas por inundações e há 163 bloqueios em rodovias federais e estaduais. 

SITUAÇÃO – Até o momento, o governo do Rio Grande do Sul já confirmou 85 mortes em razão dos temporais. Ainda há 134 desaparecidos. Cerca de 200 mil pessoas estão fora de suas casas, sendo 47 mil em abrigos e 153 mil desalojadas, que recebem abrigo nas casas de familiares ou amigos.

Serviço:

Campanha SOS RS

De 2 a 8 de maio

O que doar: alimentos não perecíveis, água, produtos de higiene, produtos de limpeza

Onde doar: qualquer quartel do Corpo de Bombeiros Militar do Paraná

Participe do nosso grupo no WhatsApp e receba as notícias do OBemdito em primeira mão.

Uvel
Porto Camargo