Umuarama 69 anos
Sicred
Lançoni
Instituto Nossa Senhora Aparecida
Redação Publisher do OBemdito

Após anos de tratamento, menina de 8 anos toca o sino da cura da Uopeccan

Sem dúvidas o mês de abril de 2024 ficará marcado, para sempre, na memória da pequena Milena Dias Siqueira e […]

Foto: Uopeccan
Foto: Uopeccan
Após anos de tratamento, menina de 8 anos toca o sino da cura da Uopeccan
Redação - OBemdito
Publicado em 24 de abril de 2024 às 15h00 - Modificado em 24 de abril de 2024 às 15h00
9 Espetaria
Atlanta Pneus
Porto Camargo
Gastro Umuarama
Cupom Local
Lançoni

Sem dúvidas o mês de abril de 2024 ficará marcado, para sempre, na memória da pequena Milena Dias Siqueira e de toda a sua família. Após anos de tratamento, a garotinha, de oito anos, pôde tocar seu segundo sino da cura, aquele que encerra, definitivamente, a luta contra o câncer.

De acordo com a mãe, Marcia Masceno Dias, sua filha tinha apenas um ano e cinco meses quando descobriu que tinha leucemia. “Ela começou a ficar bem doente, bastante febre e ficou internada várias vezes na UPA. Na última vez de internamento, ela não tinha bronquite e nada mais, porém a febre estava muito alta, aí foi coletado sangue várias vezes, por três laboratórios diferentes para ter confirmação e todos os exames deram alterados”, explicou a mãe.

Com a confirmação do câncer, a Marcia que na época trabalhava na Uopeccan como técnica de enfermagem e ainda, na oncopediatria, viu sua história mudar. “Eu trabalhava aqui há dez anos já, cuidando das crianças e de repente lá estava eu, do outro lado, dentro do quarto com a minha filha, mãe de paciente. Quando as mães internavam a gente dava apoio para elas e quando foi a minha vez, elas me apoiaram. Foi muito difícil, eu sendo profissional da saúde já sabia tudo que ela ia passar, foi complicado e naquele momento eu gostaria de não saber de nada”, relembrou.

Hoje, com o coração tranquilo e com as incertezas e medos para trás, a família comemora a cura. “Graças a Deus ela fez todo o tratamento, foram várias sessões de quimioterapia e ela venceu. Passamos por momentos muito difíceis, vários internamentos de intercorrências. Hoje foi dia de vitória, ela bateu o sino da vitória e isso é uma benção de Deus e se não fosse toda a equipe da Uopeccan, minha filha não estaria aqui”, agradeceram Marcia e sua filha.

Ajude a salvar outras vidas, destine seu Imposto de Renda para a Uopeccan

Desde que iniciou suas atividades, há 32 anos, a Uopeccan (União Oeste Paranaense de Estudos e Combate ao Câncer) tem como base a filantropia – sendo credenciada ao SUS (Sistema Único de Saúde), por meio da SESA (Secretaria de Estado da Saúde) e do Ministério da Saúde – na qual necessita de doações, apoio da comunidade e do governo para manter suas atividades, que chegam a custar mais de R$ 15 milhões por mês, totalizando mais de R$ 180 milhões por ano.

Uma das maneiras de contribuir com a Uopeccan é destinando o Imposto de Renda, de forma totalmente legal e segura, a pessoa pode incentivar projetos importantes para o tratamento do câncer de crianças, adolescentes e adultos.

Atualmente, o hospital possui dois projetos, já autorizados, para receber doação e que serão de grande valia para continuar prestando um serviço de qualidade a toda população. Tanto pessoas físicas como jurídicas, podem fazer a destinação tanto se tiverem IR a Pagar quanto IR a Restituir.

“Além de contribuir com uma causa importante, você está ajudando a salvar milhares de vidas. Com esse recurso recebido conseguimos melhorar, ainda mais, o nosso serviço, seja adquirindo novos equipamentos, capacitando os profissionais, modernizando o hospital, entre tantas outras ações.  Destine seu IR para a Uopeccan”, ressaltou a diretora de Assuntos Institucionais, Kelyn Aires.

A Uopeccan oferece todo o suporte necessário para que o processo seja feito corretamente, basta entrar em contato pelos números: (45) 45 2101-7051 ou (45) 99155-0888 e/ou pelo e-mail projetos@uopeccan.org.br .

“Eu peço para você que destine seu imposto de renda para o hospital para ajudar a Uopeccan. Porque como eles salvaram a vida da minha filha, podem salvar muitas outras vidas”, disse Marcia Masceno Dias.

Diariamente, centenas de pacientes chegam ao Complexo Hospitalar Uopeccan em busca de tratamento, cura do câncer e demais patologias que a instituição atende. Somente em 2023, foram realizados 438.982 atendimentos, em dados mais precisos, foram 140.997 consultas, 108.033 exames, 17.295 internamentos e pronto atendimento, 108.668 atendimentos multidisciplinares (nutrição, serviço social, fisioterapia, odontologia, psicologia, fonoaudióloga), 37.272 radioterapias, 17.054 quimioterapias e 9.654 cirurgias.

(Assessoria Uopeccan)

Participe do nosso grupo no WhatsApp e receba as notícias do OBemdito em primeira mão.

Porto Camargo
Uvel