Sicred
Instituto Nossa Senhora Aparecida
Lançoni
Umuarama 69 anos
Foto: PCPR
Redação Publisher do OBemdito

Polícia Civil do Paraná prende 779 pessoas por crimes contra mulheres

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) prendeu 779 indivíduos suspeitos de crimes cometidos no âmbito da violência contra as mulheres […]

Foto: PCPR
Polícia Civil do Paraná prende 779 pessoas por crimes contra mulheres
Redação - OBemdito
Publicado em 27 de março de 2024 às 21h06 - Modificado em 27 de março de 2024 às 21h06
Porto Camargo
Gastro Umuarama
9 Espetaria
Lançoni
Cupom Local
Atlanta Pneus

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) prendeu 779 indivíduos suspeitos de crimes cometidos no âmbito da violência contra as mulheres durante a Operação Átria, deflagrada no mês de março. A ação é realizada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) com abrangência nacional.

A ação aconteceu simultaneamente em 229 municípios do Paraná. 

Ao longo dos 27 dias, os policiais civis também apreenderam 31 armas de fogo, 29 armas brancas e 447 munições irregulares. Além disso, 4.610 boletins de ocorrência de violência doméstica e familiar foram registrados, 2.854 inquéritos policiais concluídos e 3.154 medidas protetivas solicitadas ao Poder Judiciário.

A operação contou com a participação das polícias civis de todos os estados e do Distrito Federal, sob coordenação da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), órgão do MJSP. 

 “A operação busca enaltecer a mulher. Desde o dia 1 de março estamos realizando ações contra esses indivíduos relacionados aos crimes contra as mulheres. Nas 183 unidades da Polícia Civil ainda estão sendo realizadas ações educativas com adolescentes e homens, para que possam construir um futuro diferente, em que mulheres deixem de ser vítimas”, afirma a delegada chefe da Divisão de Polícia Especializada, Luciana de Novaes. 

Eduação

Além do combate à violência contra a mulher, por meio da apuração de denúncias, instauração de inquéritos policiais, realização de atendimentos às vítimas e cumprimento de mandados de prisão, a operação também promoveu ações educativas, como palestras, orientações e cursos. 

Ao todo 7,6 mil pessoas foram atingidas por meio de palestras e panfletagens orientativas. As polícias civis estão atuando, de forma conjunta, na busca de suspeitos e foragidos da justiça pela prática de crimes de feminicídio, violência física, psicológica, patrimonial, moral e sexual contra mulheres e outras tipificações. 

Átria

Átria é o nome da principal estrela da constelação denominada “Triângulo Austral” do hemisfério estelar sul. Tem uma coloração alaranjada e consta na bandeira do Brasil, em alusão à posição de destaque da estrela, a operação objetiva reposicionar a mulher, retirando da condição de vítima e a pondo em evidência.

(Com informações Polícia Civil do Paraná)

Participe do nosso grupo no WhatsApp e receba as notícias do OBemdito em primeira mão.

Uvel
Porto Camargo
Pós Unialfa