Foto: Marcio Lopes/aRede

Paraná

Suspeito de matar mulher envia áudio para as filhas da vítima: ‘Não vão ter ela mais’

Foto: Marcio Lopes/aRede
Suspeito de matar mulher envia áudio para as filhas da vítima: ‘Não vão ter ela mais’
Redação
OBemdito
20 de fevereiro de 2024 16h38

Um homem que é considerado o principal suspeito de matar a companheira, Maria da Luz Alípio, em Ponta Grossa, foi preso no final da tarde desta segunda-feira (19), em São Mateus do Sul, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC). De acordo com informações, ele teria enviado áudios para as filhas da vítima, onde afirmava que elas “não teriam” mais a mãe.

Em dois áudios enviados às filhas da vítima, o suspeito fala sobre um suposto “desprezo” que enfrentava enquanto faz ameaças e promete vingança contra as mulheres.

“Vocês conseguiram viu? O tanto que vocês me desprezaram, tanto que vocês me humilharam, que vocês queriam ver a tua mãe longe de mim e vocês conseguiram. Parabéns ! Tua mãe não está mais comigo, mas também vocês não vão ter ela mais”, diz o homem, nos áudios.

“Você se lembra? Da vez que vocês me jogaram pra fora e você me encheu de chute, me humilharam, jogaram eu para fora? Pois então, chegou a hora da vingança. Aquele dia eu jurei que eu ia voltar e eu ia me vingar. E vocês não vão me ver, não. Nunca mais”, continuou.

O crime

Maria da Luz Alípio foi encontrada morta com sinais de estrangulamento na própria casa, na noite do último sábado (17). A princípio ela foi morta com um lenço.

Apesar de fugir e dizer que não seria encontrado, ele foi detido pela Polícia Militar (PM) na Grande Curitiba, sendo encaminhado à delegacia.

(Com informações aRede)

Participe do nosso grupo no WhatsApp e receba as notícias do OBemdito em primeira mão.