Umuarama

Umuarama tem 10 regiões em alerta para a dengue, sendo do bairro Guarani a mais crítica

Vigilância confirma quatro novos casos de dengue na cidade

Foto: Assessoria PMU
Umuarama tem 10 regiões em alerta para a dengue, sendo do bairro Guarani a mais crítica
Jaqueline Mocelin
OBemdito
28 de junho de 2021 18h52

A Vigilância em Saúde Ambiental e Epidemiológica, vinculada à Secretaria Municipal de Saúde de Umuarama, informa que nesta segunda-feira (28) há dez regiões na cidade que estão em estado de alerta para a dengue: Parque Primeiro de Maio, Jardim Guarani, Praça Anchieta, Jardim Lisboa, Jardim Cruzeiro, Posto Central, Jardim Panorama, Conjunto 26 de Junho, Jardim União e Conjunto Sonho Meu.

Ainda de acordo com o informe, as regiões com mais números de notificações de casos são a do Guarani (20 notificações), Central (14), Panorama (13), 26 de Junho (10) e Jardim Lisboa (9).

As regiões que tiveram os menores registros de possíveis casos foram o Parque Jabuticabeiras e Bem Estar, com duas notificações, São Cristóvão, zona rural e Parque Industrial, com três notificações, e Serra dos Dourados, Lovat, Sonho Meu e Parque Primeiro de Maio, com quatro notificações.

A SEMANA

Na última semana foram confirmados quatro novos casos de dengue em Umuarama. O Informe Técnico da Dengue nº 47 apresenta dados referentes ao Ano Epidemiológico, iniciado dia 26 de julho de 2020, até sábado (26). Neste período foram registradas 1.081 notificações, sendo que 927 foram descartadas (86%), 136 positivos e 18 ainda em investigação.

“Sempre lembramos que o ideal é que não tivéssemos nenhum registro. A dengue é uma doença grave, perigosa, que pode levar à morte. E a melhor forma de deter a proliferação do mosquito Aedes aegypti é eliminar os possíveis focos, que estão nas casas, nas ruas, nos terrenos baldios”, observa Carlos Roberto da Silva, coordenador da Vigilância em Saúde Ambiental.

(Assessoria PMU)

Participe do nosso grupo no WhatsApp e receba as notícias do OBemdito em primeira mão.

LEIA TAMBÉM