Sicred
Instituto Nossa Senhora Aparecida
Lançoni
Umuarama 69 anos
Redação Publisher do OBemdito

Advogado preso ao tentar entrar com drogas na 7ª SDP é indiciado duas vezes por corrupção ativa

Se condenado a pena pode superar 24 anos de prisão

Foto: Danilo Martins/OBemdito
Foto: Danilo Martins/OBemdito
Advogado preso ao tentar entrar com drogas na 7ª SDP é indiciado duas vezes por corrupção ativa
Redação - OBemdito
Publicado em 11 de janeiro de 2023 às 17h44 - Modificado em 11 de janeiro de 2023 às 19h54
Atlanta Pneus
Lançoni
Porto Camargo
9 Espetaria
Gastro Umuarama
Cupom Local

O advogado Roberto Gonçalves Delfim preso em outubro de 2021 ao tentar entrar na cadeia pública de Umuarama com cerca de meio quilo de cocaína, foi indiciado duplamente agora pelo crime de corrupção ativa.

De acordo como delegado do Departamento de Investigações sobre Narcóticos (Denarc), de Maringá, Leandro Munin, Delfin já respondia por tráfico de drogas e agora responderá duas vezes pelo Artigo 333 do Código Penal Brasileiro. “Sobre a denúncia de tráfico ele está preso e respondendo e já foi denunciado”, afirma o delegado.

O advogado, que há época era procurador do município de Alto Paraíso, já era investigado pela prática de outros crimes relacionados ao tráfico de drogas. Ele foi preso em flagrante por agentes do Departamento Penitenciário do Paraná (Depen), ao tentar passar uma mangueira com cocaína durante uma conversa com um cliente no parlatório da 7ª Subdivisão Policial.

A situação foi vista por um funcionário do Depen que levava um detendo para o local e viu quando Delfim passou a mangueira pelo buraco onde são cabeados os fios dos computadores.

Ao todo meio quilo da droga, que tinha um valor estimado de R$ 25 mil, foi apreendida. Se condenado pelos crimes, a pena do advogado pode superar 24 anos de prisão.

Participe do nosso grupo no WhatsApp e receba as notícias do OBemdito em primeira mão.

Uvel
Porto Camargo