Instituto Nossa Senhora Aparecida
Sicred
Lançoni
Umuarama 69 anos
Redação Publisher do OBemdito

Câmera flagra filhos pedindo para que pai pare de agredir a mãe que estava trabalhando

Câmeras de segurança de um estabelecimento comercial em Ibiporã, no Norte do Paraná, flagraram uma cena bastante revoltante e angustiante […]

Foto: Reprodução/RIC Mais
Foto: Reprodução/RIC Mais
Câmera flagra filhos pedindo para que pai pare de agredir a mãe que estava trabalhando
Redação - OBemdito
Publicado em 10 de janeiro de 2023 às 12h58 - Modificado em 10 de janeiro de 2023 às 12h58
Atlanta Pneus
9 Espetaria
Porto Camargo
Cupom Local
Gastro Umuarama
Lançoni

Câmeras de segurança de um estabelecimento comercial em Ibiporã, no Norte do Paraná, flagraram uma cena bastante revoltante e angustiante na manhã desta segunda-feira (9): filhos que imploravam para que o pai parasse de agredir a mãe durante o trabalho da moradora.

O caso e as imagens foram levados até a Delegacia de Polícia Civil da cidade, que abriu um inquérito para apurar as agressões. Os policiais responsáveis pelo caso confirmaram que as crianças são de fato os filhos do casal.

Em um vídeo disponibilizado pelo portal RIC Mais, é possível ver que o homem – que é ex-companheiro da mulher – agarra a vítima pelo cabelo e a agride com vários socos enquanto as crianças testemunham o fato e imploram pelo fim da violência.

No vídeo ainda é possível ver outros funcionários correndo entre os corredores do estabelecimento, temendo o agressor.

Assista abaixo:

https://dai.ly/x8h3asx

De acordo com o delegado Victor Dutra, o homem será investigado por lesão corporal. A vítima também detinha uma medida protetiva contra o suspeito desde 2019, porém a proteção foi revogada pela Justiça. Uma nova medida foi expedida após o episódio.

O delegado ainda confirmou que a mulher procurou a polícia após as agressões, que ocorreram na manhã de segunda.

“De acordo com a vítima, que já foi ouvida, ele queria conversar sobre questões familiares, mas a mulher recusou pois acreditava que a medida protetiva ainda estava em vigor”, comentou o delegado, que já ouviu a mulher agredida e deve tomar o depoimento do ex-companheiro nos próximos dias.

(Redação e RIC Mais)

Participe do nosso grupo no WhatsApp e receba as notícias do OBemdito em primeira mão.

Uvel
Porto Camargo