Sicred
Lançoni
Umuarama 69 anos
Instituto Nossa Senhora Aparecida
Agência Estadual Publisher do OBemdito

Nova fundação dará apoio às forças de segurança pública e ao sistema penitenciário do Paraná

O governador Carlos Massa Ratinho Junior sancionou no domingo (1º) a  Lei Complementar nº 250 , que cria a Fundação de Apoio […]

Foto: José Fernando Ogura/ANPr
Foto: José Fernando Ogura/ANPr
Nova fundação dará apoio às forças de segurança pública e ao sistema penitenciário do Paraná
Agência Estadual - OBemdito
Publicado em 3 de janeiro de 2023 às 11h23 - Modificado em 3 de janeiro de 2023 às 11h23
Lançoni
Gastro Umuarama
Porto Camargo
Atlanta Pneus
9 Espetaria
Cupom Local

O governador Carlos Massa Ratinho Junior sancionou no domingo (1º) a  Lei Complementar nº 250 , que cria a Fundação de Apoio à Atividade de Segurança Pública do Paraná (FAASP). Com sede em Curitiba, a entidade atenderá todo o Estado, tendo como principal atribuição dar suporte ao trabalho de ressocialização no sistema penitenciário, contribuindo para a reinserção social e para a melhoria de condições de vida dos detentos.

A finalidade será proporcionar assistência às pessoas privadas de liberdade, contribuindo com ações de apoio à ressocialização, formação educacional e capacitação profissional. Ela poderá trabalhar em parceria com o Poder Judiciário, a Ordem dos Advogados do Brasil, a Defensoria Pública e os Conselhos da Comunidade.

Outra frente de atuação é o apoio aos servidores (ativos e inativos) integrantes da força de segurança pública: Polícia Militar, Polícia Civil, Polícia Penal, Polícia Científica e Corpo de Bombeiros, em áreas como assistência social, saúde, educação, pesquisa científica, desenvolvimento de tecnologias alternativas, modernização de sistemas de gestão, produção e divulgação de informações e conhecimentos técnicos e científicos.

A entidade poderá, por exemplo, instituir bolsas de estudos ou pesquisa, além de estágios, a servidores integrantes da segurança pública, técnicos, pesquisadores e estudiosos que possam contribuir para a concretização dos objetivos da área. Outra função será apoiar a integração das forças estaduais com as forças municipais e federais.

A FAASP também permitirá aprimoramentos do atual Programa Prumos, que oferece suporte à saúde mental dos policiais militares, civis e penais, bombeiros militares e peritos oficiais, além se seus familiares, os quais estão expostos a situações diárias de violência, estresse e pressão.

Trabalho de detentos na Penitenciaria Central do Estado em PIraquara – Foto: Gilson Abreu/AEN

“É uma medida que vai colocar o Paraná em destaque nacional e que mostra nossa preocupação com a elaboração de atividades para o bom desenvolvimento da segurança pública. A Fundação de Apoio à Atividade de Segurança Pública vai atuar para melhorar as condições de trabalho dos policiais, formação e pesquisa, atendimento psicológico, além de ações para reintegração de pessoas privadas de liberdade, para evitar a reincidência criminal. A população do Paraná será a maior beneficiária ao contar com uma segurança pública cada vez melhor”, afirma o secretário de Segurança Pública, Hudson Leôncio Teixeira.

O patrimônio e a receita da FAASP serão oriundos de contratos de gestão, termos de cooperação, convênios, doações, prestação de serviços, além de recursos provenientes de multas, entre outros.

A entidade sem fins lucrativos terá personalidade jurídica, autonomia gerencial, patrimonial, orçamentária e financeira. Ela integrará a Administração Pública Indireta do Estado e estará vinculada à Secretaria de Estado da Segurança Pública para supervisão e fiscalização de suas finalidades. A gestão ficará a cargo de conselhos e uma diretoria.

Alfabetização na Penitenciaria Central do Estado. Escola Penitenciária na unidade de progressão – Foto: Geraldo Bubniak/ANPr

Participe do nosso grupo no WhatsApp e receba as notícias do OBemdito em primeira mão.

Uvel
Porto Camargo