Cotidiano

Família de vítimas do triplo homicídio pede indenização milionária a Jean Michel

Comerciante segue preso em Pinhais e mantém a versão de que não matou a esposa e os sogros

Jean Michel e a esposa Jaqueline, encontrada morta a facadas junto com os pais
Família de vítimas do triplo homicídio pede indenização milionária a Jean Michel
Leonardo Revesso
OBemdito
24 de outubro de 2021 10h41

A família do casal e da advogada mortos em Umuarama no dia 9 de agosto demonstra convicção de que o autor da tragédia é o comerciante Jean Michel de Souza, 39 anos, e incluiu no processo um pedido de indenização próximo de R$ 1 milhão, para cobrir danos morais e materiais da tragédia.

Jean Michel segue preso no Complexo Penal de Pinhais, região Metropolitana de Curitiba. OBemdito não conseguiu contato com a defesa do suspeito, mas a informação de uma fonte segura é que ele continua negando veementemente a autoria dos crimes.

Antonio Soares, 65 anos, a esposa dele, Helena Marra dos Santos, 59 anos, e Jaqueline Soares, 39, foram mortos na casa da família, na avenida São Paulo, centro da cidade. Pai, mãe e filha foram encontrados com ferimentos causados por faca.

Jaqueline era casada com Jean Michel havia 4 anos. Por conta de desentendimentos com a sogra, o rapaz vivia em casa separada, junto com a mãe dele.  

No pedido de indenização, feito antes mesmo de uma eventual condenação, constam a cobertura de gastos oriundos do crime, entre eles, de menor tamanho, a limpeza do sobrado, feita por uma empresa especializada.

São muitos os indícios que levam à autoria de Jean Michel, colocando-o diretamente na cena do crime. A Polícia Civil disse não ter tido dificuldade para fechar o inquérito, em pouco mais de uma semana, e concluiu que o comerciante agiu sozinho.

A principal motivação seriam o ciúme excessivo de Jean Michel pela esposa Jaqueline e os desentendimentos constantes com a sogra, Helena, que se tratava de uma forte depressão.

Testemunhas relataram que Jean Michel tem perfil agressivo e, embora levasse uma relação mais amistosa com o sogro, era cobrado por este para melhorar o desempenho nos negócios, assumindo o papel de provedor da família constituída com Jaqueline.

Participe do nosso grupo no WhatsApp e receba as notícias do OBemdito em primeira mão.

LEIA TAMBÉM