Umuarama

Defesa Civil começa contabilizar estragos deixados pelo temporal em Umuarama

O Parque das Jabuticabeiras, jardim Guarani e Roberto Silveira foram as localidades mais afetadas

Foto: Danilo Martins/OBemdito
Defesa Civil começa contabilizar estragos deixados pelo temporal em Umuarama
Marta Paula
OBemdito
24 de outubro de 2021 08h21

A Defesa Civil de Umuarama está contabilizando os estragos deixados pelo temporal que atingiu Umuarama na noite deste sábado (23). Um vendaval que passou pela cidade e distritos deixou sinais de destruição.

Na Capital da Amizade a região mais afetada é do Parque das Jabuticabeiras e Guarani. Dezenas de árvores de grande porte caíram e casas foram destelhadas com a força do vento.  De acordo com a Defesa Civil árvores caíram sobre a fiação deixando inúmeros moradores ainda sem energia.

Equipes da Secretaria de Meio Ambiente estão a campo para contabilizar a quantidade de árvores que caíram pelos quatro cantos da cidade. Ainda não da para saber a proporção dos estragos. “Por toda a cidade há plantas caídas e arrancadas pela raiz, ainda não temos os levantamentos exatos.

Equipes da Defesa Civil e Corpo de Bombeiros tiveram muito trabalho durante a noite deste sábado. A chuva intensa acompanhada de rajadas de vento prejudicou muitas famílias. Os bombeiros fizeram a retirada de árvores que estavam sob a fiação e juntamente com a Defesa Civil distribuiu lonas plásticas aos necessitados.

Roberto Silveira

Pelo menos 100 casas foram destelhadas no distrito de Roberto Silveira, município de Umuarama. Durante a noite equipes da Defesa Civil prestaram auxílio às famílias. Na manhã deste domingo (24) eles estão retornando para o local para uma melhor avaliação e ver a quantidade de telhas que serão necessárias para atender as famílias que foram atingidas.

Lonas plásticas foram disponibilizadas. Em um primeiro momento, três bobinas do material seguiram para o distrito e uma nova quantidade está sendo providenciada.

A escola e o posto de saúde de Roberto Silveira também foram atingidos e a situação é caótica, com uma série de danos materiais. As primeiras informações são de que não há feridos na localidade.

Vídeo dos estragos :

Participe do nosso grupo no WhatsApp e receba as notícias do OBemdito em primeira mão.

LEIA TAMBÉM