Instituto Nossa Senhora Aparecida
Sicred
Redação Publisher do OBemdito

Homem é morto por vizinho após discussão sobre cachorro; vítima usava tornozeleira eletrônica

Após o crime, o atirador chamou a PM, relatou o ocorrido e informou que deixaria o local

Foto: Reprodução/Plantão Maringá
Foto: Reprodução/Plantão Maringá
Homem é morto por vizinho após discussão sobre cachorro; vítima usava tornozeleira eletrônica
Redação - OBemdito
Publicado em 30 de junho de 2024 às 17h39 - Modificado em 30 de junho de 2024 às 17h39
Cupom Local
Atlanta Pneus
Porto Camargo
9 Espetaria
Gastro Umuarama

Uma discussão por causa de um cachorro terminou em tragédia na noite deste sábado (29) em Marialva, na região de Maringá. Clayton Aparecido Lazarin, 36, foi morto a tiros por seu vizinho, também de 36 anos, na rua Ernesto Crevelaro, no Jardim 160 Casas.

Segundo informações da Polícia Militar, a confusão teve início após um desentendimento sobre a custódia de um cachorro. Clayton retornou à sua residência, pegou um bastão de ferro e voltou para a frente da casa do vizinho.

Em resposta, o vizinho entrou em sua casa, pegou uma arma de fogo e disparou três tiros contra o rosto de Clayton. Após o crime, o atirador chamou a Polícia Militar, relatou o ocorrido e informou que deixaria o local, prometendo se apresentar posteriormente com um advogado.

Socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram acionados, mas a vítima já estava morta quando chegaram ao local. A área foi isolada e o Instituto de Criminalística acionado para realizar a perícia. O corpo de Clayton foi encaminhado ao Instituto Médico Legal de Maringá.

O delegado de Marialva esteve presente na cena do crime e deve ouvir testemunhas para esclarecer os detalhes do caso. Clayton estava sendo monitorado por tornozeleira eletrônica devido a uma condenação por violência doméstica, conforme a Lei Maria da Penha.

OBemdito com Plantão Maringá

Participe do nosso grupo no WhatsApp e receba as notícias do OBemdito em primeira mão.

Porto Camargo