Instituto Nossa Senhora Aparecida
Sicred
Redação Publisher do OBemdito

Umuaramense faz bonito e se torna campeã paranaense de Jiu-Jitsu, em Curitiba

A história de Giovana Piffer também é uma história de superação, pois após ter covid em 2021, ela encontrou na luta um estilo de vida saudável

Fotos: Samela Castro
Fotos: Samela Castro
Umuaramense faz bonito e se torna campeã paranaense de Jiu-Jitsu, em Curitiba
Redação - OBemdito
Publicado em 26 de junho de 2024 às 19h38 - Modificado em 26 de junho de 2024 às 22h49
Cupom Local
Porto Camargo
Gastro Umuarama
Atlanta Pneus
9 Espetaria

Natural de Umuarama, Giovana Piffer, de 37 anos e atualmente moradora de Curitiba, conquistou o título de campeã paranaense de jiu-jitsu na 2ª Etapa do Campeonato Paranaense – Regras de Abu Dhabi da Federação de Jiu-Jitsu do Paraná. O evento, realizado no último domingo (23) no Ginásio do Tarumã em Curitiba, coroou a atleta, que compete na faixa branca, categoria Master 2, peso pesado até 94 kg.

Giovana, que passou grande parte da infância na Capital da Amizade, é bisneta de pioneiros de Umuarama e sobrinha de comerciantes locais. Atualmente, ela treina na academia Combate Absoluto, na capital paranaense. “Eu treino há cerca de 11 meses. Sou faixa branca 1⁰ grau”, conta a campeã.

Giovana trabalha como técnica de TI no Instituto das Cidades Inteligentes e concilia sua rotina de treinos com sua profissão. Além do jiu-jitsu, ela pratica Muay Thai e musculação, sempre no período noturno após o expediente. “Depois desse título, pretendo disputar os próximos estaduais, pois para disputar o nacional precisa ter uma pontuação e ficar bem no ranking. Mas é meu sonho sim um dia, se Deus quiser, ter essa oportunidade”, disse ao OBemdito.

A conquista do título foi marcada por lutas difíceis. “A primeira luta foi contra uma faixa branca 1º grau também e a segunda foi contra uma faixa branca 4º grau, quase azul. A luta foi muito boa. Mas eu dei meu sangue lá, dei meu melhor pra buscar a vitória e, graças a Deus, ao Mestre Fábio Assolari e à torcida maravilhosa, consegui conquistar o título”, comemorou.

Guerreira

Além do sucesso nas competições, a história de Giovana é um exemplo de superação pessoal. Há três anos, ela decidiu mudar seu estilo de vida em busca de mais qualidade de vida. Nesse período, perdeu 40 quilos com dieta e exercícios. “O jiu-jitsu e o Muay Thai salvaram a minha vida, pois eu tive covid em 2021, fiquei internada e quase morri. Prometi pra mim mesma que, se eu conseguisse sair dessa, nunca mais ia parar de cuidar da minha saúde de verdade e pro resto da vida”, relembrou.

A campeã continua a treinar sob a orientação do Mestre Fábio e já mira novos desafios. Com determinação e foco, ela busca alcançar novos títulos e inspirar outras pessoas com sua trajetória de coragem e transformação. “Mas é meu sonho sim um dia se Deus quiser ter essa oportunidade”, concluiu.

Assista abaixo um trecho da disputa de domingo:

Whatsapp Image 2024 06 26 At 17.51.16
Whatsapp Image 2024 06 26 At 17.51.16 1
Whatsapp Image 2024 06 26 At 17.51.16 2
Whatsapp Image 2024 06 26 At 17.51.16 3

Participe do nosso grupo no WhatsApp e receba as notícias do OBemdito em primeira mão.

Porto Camargo