Foto: Freepik

Brasil

Mãe em surto é suspeita de arremessar bebê de 2 meses contra o asfalto; criança faleceu

Foto: Freepik
Mãe em surto é suspeita de arremessar bebê de 2 meses contra o asfalto; criança faleceu
Redação
OBemdito
3 de janeiro de 2023 17h23

Uma mulher de 24 anos foi presa por suspeita de matar o próprio filho de 2 meses de vida na cidade de Cassilândia, no Mato Grosso. A mãe estaria em surto e arremessou a cabeça da criança contra o asfalto. As informações são do site Campo Grande News.

O caso aconteceu no domingo (1º/1), foi atendido pela Polícia Militar (PM) e segue sob investigação da Polícia Civil. O subtenente da PM, Gustavo Santana Proença, informou que a equipe foi acionada pela Santa Casa de Cassilândia após o bebê dar entrada com vários hematomas.

“Como a equipe médica suspeitou de crime acionou a Polícia Militar, informando que a criança apresentava vários hematomas”, explicou. A PM, então, seguiu até o endereço da família, na Vila Izanópolis, onde encontrou os pais e o avô da criança. “Nesse intervalo, a médica informou o óbito da criança. Quando chegamos na casa, encontramos a mãe do bebê aparentemente desacordada em uma cadeira enquanto o pai e o avô conversavam”, descreve.

Questionado, o pai informou que a mãe da criança teve um surto e saiu correndo pelas ruas com o bebê no colo, quando o deixou cair acidentalmente. “A história não convenceu muito, então chamamos a ambulância para a mãe”. Segundo o subtenente, quando a mulher chegou no hospital, foi constatado que ela estava bem.

Naquele momento, a médica – ao tomar conhecimento da versão da família – informou que os hematomas no bebê não se tratavam de uma “simples queda”. Havia muitos ferimentos na criança e a história ainda não estava batendo.

A PM, mais uma vez, questionou o pai da criança, momento em que ele começou a chorar. Em sua versão diz que brigou com a mãe do bebê ao pedir para ela amamentá-lo. “Ela se recusou e saiu correndo com a criança. O pai correu atrás, mas não conseguiu evitar o momento em que a mãe segurou o bebê pelas pernas e arremessou umas três vezes contra o chão”, conta Gustavo.

Diante do relato, pai, mãe e avô foram levados para a delegacia de Polícia Civil. À polícia, testemunhas informaram que a mulher já teve esse tipo de “surto” outras vezes. Pela PM, o caso foi registrado como homicídio.

(Crédito: Campo Grande News)

Participe do nosso grupo no WhatsApp e receba as notícias do OBemdito em primeira mão.