Saúde

Profissional traz para Umuarama técnicas e equipamentos modernos para colocação de piercings

Além disso, Filipi Manson Piercer adquiriu equipamentos que reduzem a dor e auxiliam na cicatrização

Filipi durante procedimento feito em uma de suas clientes | Fotos: Acervo pessoal/Filipi Manson
Profissional traz para Umuarama técnicas e equipamentos modernos para colocação de piercings
Jaqueline Mocelin
OBemdito
4 de agosto de 2022 19h53

Filipi Manson Piercer, profissional na Body Art que já atuou em alguns estados brasileiros e até no exterior, completa 15 anos de arte. E está trazendo novidades para quem pretende colocar um piercing ou precisa de outros procedimentos, com equipamentos e técnicas modernas.

O profissional, que agrega mais de 15 mil seguidores em uma de suas redes sociais, possui inúmeras especializações na área de perfurações corporais e outros procedimentos neste mesmo ramo.

Filipi está sempre antenado nas atualizações do mercado. Esteve recentemente em São Paulo fazendo algumas especializações e trazendo para o Paraná tendências terapêuticas para aplicar nas perfurações.

Ele realiza as perfurações de piercings tradicionais e avançadas como microdermais e surfaces, mas também faz os seguintes procedimentos:

– Reconstrução de lóbulos bífidos, com técnicas cirúrgicas e não cirúrgicas;

– Diagnóstico em granuloma e até a remoção dos mesmos. O granuloma é uma ‘bolinha’ que por alguma inflamação acaba saindo ao lado do piercing. Entretanto, após diagnóstico é possível realizar o procedimento adequado, que varia conforme a necessidade da pessoa. O tratamento contribui para a diminuição, e, em alguns casos até a extração do granuloma indesejável;

– Despigmentação a laser de tatuagem e micropigmentação com equipamentos de última geração (laser de picosegundo) que, além de mais rápido é mais eficaz; e ND YAG Q-Switched Laser (para a despigmentação).

Nesta visita a São Paulo, Filipi foi exclusivamente para se capacitar ainda mais e trazer algumas técnicas inovadoras ao interior do estado – técnicas estas que já são tendência e sucesso comprovado em grandes polos. A técnica do laser terapia direcionada aos procedimentos de perfurações corporais, que fazem o complemento um do outro dentro do segmento.

QUEM FEZ, APROVA

Quem já experimentou as novidades é a advogada Daniele de Carvalho Haurani. Recentemente ela colocou um piercing microdermal com Filipi. Daniele conta que já teve vários piercings. “Já furei vários lugares: nariz, trágus e diversos na orelha”. No entanto, notou muita diferença com as novas técnicas.

“O Filipi passa um laser relaxante antes do procedimento no local que vai ser perfurado. Eu senti que esse laser deixou a região menos sensível, então eu senti menos dor durante a perfuração e muito menos dor no pós-perfuração. Falando com o Filipi depois, ele me disse que o efeito do laser dura bastante, até mesmo depois da perfuração”, comentou a advogada.

Ela acrescentou que já tirou vários piercings que colocou anteriormente (com outros profissionais e outras técnicas), devido a dor que sentia no pós e que, por vezes, a incomodava por muito tempo. “Com o Filipi eu não senti dor nenhuma e recebi muito suporte para cicatrização depois do procedimento. Ele ainda passou um laser cicatrizante que ajudou muito no local na cicatrização nos dias seguintes. Este trabalho fez toda diferença”, finalizou.

COMO FUNCIONA

Antes das perfurações Filipi entra com uma técnica associada a eletroacupuntura que tem como benefícios o relaxamento da região a ser perfurada, devido a emissão de uma frequência de ondas que chega ao cérebro. Desta forma, permitem o bloqueio temporário da sensação de dor, já que essas ondas bloqueiam parcialmente a passagem da sensação de desconforto da perfuração sob o ponto a ser perfurado – com efeitos de analgesia temporária e localizada.

Na sequência, inicia a perfuração. E, por fim, o profissional aplica outro laser de alta frequência, completamente indolor. Este, associado a técnica anterior, potencializa os efeitos de analgesia local, com esterilização por ozônio, que pode ajudar a aliviar a dor e a cicatrização de feridas, ativação metabólica e excreção de celular mortas devido sua frequência.

É um instrumento de cosmetologia doméstico (que necessita de conhecimento e cursos técnicos para operação). Sua corrente de alta frequência pode produzir efeito térmico e raios ultravioleta. Portanto, pode promover a absorção, esterilização, resultado anti-inflamatório e acelerar a cicatrização de feridas, o que é comprovado cientificamente.

Além disso, melhora a oxigenação da região, produz efeito cauterizador e cicatrizante, auxilia no aumento do metabolismo e celular. A alta frequência permite benefícios ímpares, tais como: aceleração no processo de cicatrização de feridas cutâneas; efeito antimicrobiano sobre vírus, fungos e bactérias; e melhora da oxigenação. “O que já vem sido muito usado em grandes cidades, pois quando menos dor e menos inflamações melhor, né?”, brinca Filipi.

Por último, mas não menos importante, é feito um complemento final, pós-procedimento. Filipi entra com o último laser, que é direcionado a cicatrização final. O equipamento Therapy EC (ou mais conhecido como Ilib) com laser infravermelho e laser vermelho, podendo ser utilizados simultaneamente.

O equipamento de laser terapêutico sem fio (wireless) foi desenvolvido para biomodulação em respostas inflamatórias, ação analgésica, aceleração de processos de cicatrização e combate aos radicais livres de oxigênio. Seus dois diodos lasers emitem luz no comprimento de onda vermelho (660 nm) e infravermelho (808 nm) na potência de 100 mW.

A fototerapia propicia tratamentos no controle da dor, estímulo à reparação tecidual, regulação dos processos inflamatórios e terapia anti-aging. Os tratamentos com sistemas de laser de baixa intensidade são indolores, seguros e eficazes.

E além deste equipamento que proporciona os benefícios citados acima, Filipi também conta com outro dispositivo de fototerapia o laser azul (400 – 470nm). Este te ação bactericida, oxigenante e cicatrizante; diminui a produção excessiva de oleosidade e secreção sebácea; auxilia na oxigenação e na regeneração do tecido; melhora a hidratação. Também possui efeito bactericida, sendo bastante indicada para tratar pequenas lesões. Além disso, ela clareia manchas e pequenos vasinhos na pele, dentre outros benefícios pós-operatórios cirúrgicos; estímulo a cicatrização e ativação celular.

“Um complementa o outro”, relata Filipi. Ele também ressalta que quase todas pessoas podem fazer o uso correto dos lasers. Contudo, existem algumas restrições e contra indicações para os portadores de marca-passo; quem está em tratamento contra câncer; doenças cardíacas; gestantes e lactantes; distúrbios de sensibilidade; epilepsia; e diabetes descompensada.

Todos equipamentos possuem uma infinidade de aplicações e benefícios. Cada profissional utiliza conforme a necessidade de cada caso, e para outras finalidades fototerapêuticas. Que compete a profissional qualificado. “Meu maior objetivo com toda essa biotecnologia de ponta é proporcionar uma experiência única, agradável e indolor, já que temos tecnologia para isso’’, disse Filipi.

CONTATO

Para agendar seu horário com o profissional ou tirar dúvidas basta entrar em contato através do telefone (44) 99985-0612. O ambiente clínico fica na avenida Rondônia 3188. Acompanhe o Instagram (clique aqui).

Lobuloplastia não cirúrgica
Participe do nosso grupo no WhatsApp e receba as notícias do OBemdito em primeira mão.