Umuarama 69 anos
Instituto Nossa Senhora Aparecida
Sicred
Lançoni
Redação Publisher do OBemdito

Novas casas vão atender famílias em distrito de Cafezal do Sul

As moradias do novo residencial Cafezal I, no distrito de Jangada, serão subsidiadas integralmente pelo Governo do Estado

Agência Estadual de Notícias
Agência Estadual de Notícias
Novas casas vão atender famílias em distrito de Cafezal do Sul
Redação - OBemdito
Publicado em 15 de março de 2021 às 15h57 - Modificado em 5 de maio de 2021 às 15h20
Atlanta Pneus
Porto Camargo
Lançoni
Cupom Local
9 Espetaria
Gastro Umuarama

O Governo do Estado, por meio da Cohapar, está construindo dez casas populares no distrito de Jangada, no município de Cafezal do Sul, que serão destinadas a famílias em situação de vulnerabilidade. A entrega da obra está prevista para maio.

As moradias do novo residencial Cafezal I serão subsidiadas integralmente pelo poder público, com investimento de R$ 875 mil, recursos oriundos de financiamento articulado pela Secretaria da Justiça, Família e Trabalho junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Os futuros beneficiários serão contemplados com uma casa no valor de R$ 87 mil.https://2b1c012b374737de365a4a9fafd7ed8c.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-37/html/container.html

De acordo com o chefe regional da Cohapar de Umuarama, Raimundo Afonso, a obra foi vistoriada recentemente. A visita técnica ocorreu na semana passada e contou com a participação dos representantes do BID, Secretaria da Justiça e prefeitura. “Recebemos comentários positivos sobre a qualidade da construção, o uso de equipamentos de proteção e também sobre o gerenciamento correto dos resíduos sólidos da construção civil”, disse.

O empreendimento faz parte do programa Casa Fácil Paraná e está sendo executado pela construtora Implantec, contratada via licitação pela Cohapar pelo critério de menor preço. O projeto construtivo foi elaborado pela companhia, que também fiscaliza a execução da obra.

As unidades habitacionais são compostas por sala, dois quartos, cozinha, banheiro e área de serviço externa, com modelos de 32 metros quadrados e unidades de 49 metros quadrados adaptadas para pessoas com deficiência, conforme cota prevista na política estadual de habitação.

“É um projeto que já trouxe benefícios para a população e para o município antes mesmo de estar concluído, por exemplo, a geração de emprego. Em uma das visitas pudemos ver o pessoal da cidade trabalhando na obra”, afirmou o prefeito Mario Kazuo da Silva.

CONTRAPARTIDA

À administração municipal coube a doação da área para a construção dos imóveis, a terraplanagem, a triagem e o acompanhamento social das famílias beneficiadas. A participação do Governo do Estado envolve também a instalação subsidiada dos padrões de energia elétrica pela Copel e fornece os materiais necessários para a instalação das redes de água e esgoto via Sanepar.

(Agência Estadual de Notícias)

Participe do nosso grupo no WhatsApp e receba as notícias do OBemdito em primeira mão.

Porto Camargo
Uvel