Instituto Nossa Senhora Aparecida
Sicred
Redação Publisher do OBemdito

Delegado informa que Marcos voltou a matagal onde celular de Isis foi rastreado

O vigilante esteve nos dias 7 e 8 de junho no matagal em que o celular da garota emitiu o último sinal de localização

Fotos: Reprodução/Redes Sociais
Fotos: Reprodução/Redes Sociais
Delegado informa que Marcos voltou a matagal onde celular de Isis foi rastreado
Redação - OBemdito
Publicado em 18 de junho de 2024 às 17h13 - Modificado em 18 de junho de 2024 às 17h13
Atlanta Pneus
Cupom Local
Porto Camargo
Gastro Umuarama
9 Espetaria

O vigilante Marcos Vagner de Souza, de 35 anos, investigado pelo desaparecimento da adolescente Isis Victoria Mizerski, de 17 anos, esteve duas vezes no matagal em que o celular da garota emitiu o último sinal de localização. A informação foi confirmada nesta terça-feira (18) pelo delegado Jonas Avelar, responsável pelas investigações.

Isis desapareceu em Tibagi, nos Campos Gerais, no dia 6 de junho. Casado e pai de três filhos, Marcos mantinha um relacionamento extraconjugal com a adolescente. Ele se entregou à polícia nesta segunda-feira (17).

Antes de desaparecer, Isis enviou sua localização para a família. A polícia informou que a mensagem foi apagada logo em seguida e que o celular foi desligado. Com a quebra de sigilo telemático, verificou-se que o aparelho emitiu sinal pela última vez em Telêmaco Borba, próximo à estrada Mandaçaia.

“Um fato que chamou a atenção foi Marcos ter ido àquela localidade nos dias 7 e 8 de junho, onde o celular da vítima emitiu o último sinal”, disse o delegado Avelar.

Buscas foram realizadas na área de mata, mas nenhum vestígio da adolescente foi encontrado.

“Foram realizadas buscas naquela localidade no sábado e no domingo. A Polícia Civil, a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros participaram das buscas para localizar a vítima. Utilizamos, inclusive, cães farejadores e drones. Por ser uma área extensa e de difícil acesso, não obtivemos êxito”, explicou Avelar.

Na casa de Marcos, a polícia apreendeu três celulares, um notebook, uma pistola calibre 380, munições e o carro utilizado no encontro com a adolescente. Foi realizada perícia em todos os equipamentos e no veículo.

O delegado confirmou que a jovem estava grávida e que Marcos estava revoltado com a notícia.

“Marcos foi a última pessoa a estar com a vítima antes do desaparecimento. Alguns prints mostram que ele estava insatisfeito com a gravidez da adolescente. Interrogado, Marcos confirmou o encontro, mas disse que apenas deixou a adolescente próximo à Avenida São José e, em seguida, retornou. Esse fato chamou a atenção das investigações, pois, através de imagens, constatou-se que Marcos demorou cerca de uma hora para retornar”, afirmou o delegado.

O suspeito se entregou em Francisco Beltrão, na região sudoeste, a 439 km de Tibagi, onde o caso ocorreu.

(Com informações Banda B)

Leia também

Participe do nosso grupo no WhatsApp e receba as notícias do OBemdito em primeira mão.

Porto Camargo