Umuarama 69 anos
Instituto Nossa Senhora Aparecida
Sicred
Lançoni
Redação Publisher do OBemdito

Paranaense que teve soda cáustica jogada no rosto apresenta melhora e deixa UTI

Apesar da melhora no quadro, a jovem permanece internada no leito de enfermaria, sem previsão de alta

Foto: Reprodução/Redes Sociais
Foto: Reprodução/Redes Sociais
Paranaense que teve soda cáustica jogada no rosto apresenta melhora e deixa UTI
Redação - OBemdito
Publicado em 3 de junho de 2024 às 14h56 - Modificado em 3 de junho de 2024 às 14h56
Porto Camargo
Gastro Umuarama
9 Espetaria
Cupom Local
Atlanta Pneus
Lançoni

Isabelly Ferreira, a jovem de 23 anos que teve o rosto atingido por soda cáustica no dia 22 de maio, apresentou uma melhora significativa em sua recuperação e finalmente deixou a UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Hospital Universitário de Londrina, segundo o boletim médico divulgado nesta segunda-feira (3). O relatório também revela que ela está consciente e já respira sem a ajuda de aparelhos.

O documento informativo esclarece que Isabelly segue internada no leito da enfermaria do hospital, sob cuidados de multiprofissionais. Apesar da grande melhora, ainda não foi determinada uma alta para a jovem.

Depoimento

No dia 29 de maio, Isabelly foi ouvida pela Polícia Civil pela primeira vez desde o ocorrido, através de uma videoconferência. Apesar de não dar detalhes sobre o caso, a delegada responsável afirmou que o depoimento da vítima será imprescindível para a conclusão do inquérito policial e esclarecimento de pontos fundamentais da investigação.

O advogado de defesa da suspeita, identificada como Debora Custódio, de 22 anos, afirmou que ela demonstra arrependimento pelo ocorrido. “Ela se arrepende do que fez, mas não isenta ela da responsabilidade. Nós sabemos disso”, disse o advogado Jean Campos.

O ataque

Isabelly ficou em estado grave e teve que ser internada no hospital após ser atacada com ácido enquanto retornava da academia para casa, em Jacarezinho, no Norte Pioneiro do Paraná. O caso aconteceu na tarde do dia 22.

Imagens feitas pouco após o ataque mostram a vítima correndo desesperada após ser atingida pelo químico. A princípio ela ingeriu parte do ácido e teve que ser socorrida por um morador, que a encaminhou ao Pronto Socorro Municipal. Ela teve queimaduras no rosto, parte do peito e na boca.

(Com informações RIC Mais)

Participe do nosso grupo no WhatsApp e receba as notícias do OBemdito em primeira mão.

Uvel
Porto Camargo