Instituto Nossa Senhora Aparecida
Umuarama 69 anos
Lançoni
Sicred
Redação Publisher do OBemdito

Vigilância Ambiental realiza força-tarefa contra a dengue no Parque Jabuticabeiras

Foram vistoriados 892 imóveis e encontrados e eliminados 470 possíveis focos do mosquito

Fotos: Assessoria PMU
Fotos: Assessoria PMU
Vigilância Ambiental realiza força-tarefa contra a dengue no Parque Jabuticabeiras
Redação - OBemdito
Publicado em 17 de maio de 2024 às 18h05 - Modificado em 17 de maio de 2024 às 18h05
Atlanta Pneus
Lançoni
Gastro Umuarama
9 Espetaria
Cupom Local
Porto Camargo

Após a divulgação do 3º LIRAa (Levantamento Rápido de Índices para Aedes aegypti) realizado em Umuarama há uma semana, indicando que o bairro Parque das Jabuticabeiras registrava um Índice de Infestação Predial (IIP) de 12,5%, a Vigilância em Saúde Ambiental imediatamente programou uma ação especial.

Nesta sexta-feira (17) 60 agentes comunitários de endemias participaram de uma força-tarefa que vistoriou, orientou, fiscalizou e eliminou focos do mosquito Aedes aegypti. A coordenadora da Vigilância Sanitária Ambiental, Taila Biaca Crivelaro, conta que 892 imóveis (comerciais e residenciais) foram vistoriados.

“Foram detectados 470 possíveis focos do mosquito, que foram imediatamente eliminados. Oito focos foram confirmados no ato e também extintos. Nos deparamos com quintais inacreditavelmente sujos e situações que só podem ser classificados como injustificáveis: lixo de toda a ordem simplesmente jogados, com água acumulada”, lamenta.

A operação foi específica para visitas domiciliares e vistoria de depósitos em todo o perímetro do bairro, incluindo terrenos baldios, com inspeção de caixas d’água, calhas e detalhados, mas sem a realização de arrastão (quando a população pode dispensar materiais inservíveis, como móveis velhos).

“O índice de 12,5 atingido no Parque das Jabuticabeiras é um número alarmante, já que a tabela de classificação de risco indica que inferior a 1% significa baixo risco; de 1% a 3,9%: médio risco, superior a 4%: alto risco. Ou seja, naquela localidade temos uma situação de mais de 200% acima do que pode ser considerado como alto risco para a dengue”, comenta.

Além do Jabuticabeiras, dois outros bairros foram classificados com ‘Alto Risco’: o Jardim São Cristóvão, com 6,7% e o Parque Danielle, com 6,3%. O secretário municipal de Saúde, Edson dos Santos Souza, disse que estuda a possibilidade de ações especiais também nessas localidades.

“O Ambulatório de Dengue continua atendendo diariamente a centenas de pessoas que aparecem com sintomas da doença. O número de casos confirmados só aumenta. E a nossa luta é para que a população entenda que não estamos brincando: a dengue pode ser fatal”, alertou.

ÍNDICE DE INFESTAÇÃO PREDIAL – AEDES AEGYPTI – POR LOCALIDADE

BAIRRO/LOCALÍNDICE (%)
Parque das Jabuticabeiras – Setor 112,5
Jardim São Cristóvão6,7
Parque Danielle6,3
Jardim Verde Vale3,8
Escola Vinícius de Moraes (Jabuticabeiras – Setor 2)3,8
Igreja São Paulo (Anchieta)3,8
Casa da Amizade (Lar Rotary – Jardim dos Príncipes3,3
Jardim Colorado (próximo Danielle)3,2
Jardim Panorama2,9
Jardim Vila Rica (próx. Harmonia Clube de Campo)2,7
Parque Bonfim1,9
Jardim Alto da Glória (próx. Parque Industrial)1,9
Parque Belo Monte1,8

(Reportagem: Assessoria PMU)

Participe do nosso grupo no WhatsApp e receba as notícias do OBemdito em primeira mão.

Uvel
Porto Camargo