Sicred
Instituto Nossa Senhora Aparecida
Lançoni
Umuarama 69 anos
Foto: Reprodução/Redes Sociais
Stephanie Gertler Publisher do OBemdito

Gaúcho emociona ao compartilhar vídeos do resgate e reencontro de cão com tutora

Norberto Brancher compartilhou em suas redes sociais um vídeo do cão resgatado apelidado de “Batatinha”

Gaúcho emociona ao compartilhar vídeos do resgate e reencontro de cão com tutora
Stephanie Gertler - OBemdito
Publicado em 16 de maio de 2024 às 20h53 - Modificado em 16 de maio de 2024 às 20h53
Cupom Local
Lançoni
Gastro Umuarama
Atlanta Pneus
Porto Camargo
9 Espetaria

O Rio Grande do Sul enfrenta dias desafiadores, porém, a resiliência e empatia da população têm se destacado. Norberto Brancher, residente em Progresso, é um exemplo desse espírito solidário. No dia 7 de maio, ele compartilhou em suas redes sociais um vídeo do cão resgatado apelidado de “Batatinha”.

No registro o animal é visto chorando, aguardando sua tutora. Norberto tenta acalmá-lo, chamando-o e fazendo carinho, assegurando que não o deixará sozinho. “Vem cá. Tu vem aqui. Por que que tu tá chorando se estou te dando carinho? Quero ver tu batendo o rabinho, hein?! Não vou te largar, se não tu não vai achar teu dono e daí o que vai acontecer?”, diz o gaúcho.

O cão se aproxima e continua a uivar, então o homem novamente proferiu palavras de conforto e acaricia o animal para tentar consolá-lo. No dia 9 de maio, ele compartilhou o reencontro de Batatinha com sua tutora, emocionando mais uma vez as redes sociais.

“Voltando para informar que no meio de tantas tristezas, tantas notícias ruins, vemos AMOR, verdadeiro AMOR. Poderia dizer que fiquei um pouco triste sim, pois um anjo entrou em minha vida e a encheu de amor e depois foi embora. Mas não é isso, e quem ama sabe que o importante é saber que estão felizes e o Batatinha está feliz e com sua família, então ele não foi embora, ele só veio me dar amor e voltou para sua casa”, escreveu em sua publicação.

No vídeo do reencontro, a tutora cujo nome não foi revelado, se emociona ao abraçar seu fiel amigo, enquanto Batatinha demonstra extrema felicidade ao revê-la. Norberto diz que agora entende o motivo do cão chorar tanto.

“Ele não pode ficar sem mim, ele chora. É a mãe filho, chega de choro, chega, chega, chega. Vamo embora com a mãe”, diz a mulher, entre lágrimas, emocionada com o retorno de seu companheiro.

Participe do nosso grupo no WhatsApp e receba as notícias do OBemdito em primeira mão.

Uvel
Porto Camargo
Pós Unialfa