Cotidiano

Imagens mostram Jean chegando ao trabalho instantes antes do triplo homicídio ser descoberto

Ele foi incentivado pelo sogro a abrir a loja de aviamentos, onde foi trabalhar normalmente após supostamente assassinar a família

Imagens mostram Jean chegando ao trabalho instantes antes do triplo homicídio ser descoberto
Redação
OBemdito
10 de agosto de 2021 16h12

Imagens de câmeras de monitoramento mostram Jean Michel de Souza chegando para trabalhar perto das 8h de segunda-feira (09), instantes antes de os corpos de Helena Maria Marra dos Santos de 59 anos, Antônio Soares dos Santos de 65 anos e a filha do casal, Jaqueline Soares de 39 anos serem encontrados na avenida São Paulo, em Umuarama.

A loja de aviamentos fica na praça Miguel Rossafa, bem no centro da cidade. Ele chegou para trabalhar normalmente, abriu o estabelecimento, que ficou em funcionamento até a chegada de investigadores da Polícia Civil (PC), que conduziram o então suspeito para o local do crime.

Jean Michel não morava na mesma residência das vítimas.

Helena e Antônio foram encontrados mortos no andar de baixo do imóvel. Os corpos foram localizados pela empregada doméstica, que chegou para trabalhar e estranhou o fato de a porta do carro estar aberta.

Na sequência a Polícia Militar (PM) foi acionada e isolou o local até a chegada da PC, que encontrou o corpo de Jaqueline, esposa de Jean, no andar de cima. A vítima estava dentro de uma banheira em um dos quartos.

OBemdito apurou que o corpo de Jaqueline tinha muitos ferimentos de defesa, sobretudo nas mãos, indicando que ela lutou para não morrer.

O sepultamento da família deve ocorrer nesta quarta-feira (11), em Pires do Rio, em Goiás.

DEPOIMENTO

Jean Michel não disse nada durante seu depoimento.  No entanto, amigas de Jaqueline dizem que a relação dele com a esposa era conturbada.

Mesmo assim, ele foi incentivado pelo sogro a abrir a loja de aviamentos, onde foi trabalhar normalmente após assassinar a família no dia anterior, segundo acredita a PC.

Participe do nosso grupo no WhatsApp e receba as notícias do OBemdito em primeira mão.

LEIA TAMBÉM