Umuarama 69 anos
Sicred
Lançoni
Instituto Nossa Senhora Aparecida
Marta Paula Publisher do OBemdito

Ponte na entrada do São Cristóvão recebe calçadas para pedestres

Para finalizar o serviço, nos próximos dias será aplicada a capa asfáltica na cabeceira recuperada, sentido rodovia PR-323

Foto: Prefeitura de Umuarama
Foto: Prefeitura de Umuarama
Ponte na entrada do São Cristóvão recebe calçadas para pedestres
Marta Paula - OBemdito
Publicado em 17 de abril de 2021 às 13h34 - Modificado em 18 de abril de 2021 às 10h16
Lançoni
9 Espetaria
Porto Camargo
Cupom Local
Gastro Umuarama
Atlanta Pneus

Após recuperar a estrutura e a cabeceira da ponte de acesso ao Jardim São Cristóvão (próximo à estação de tratamento de esgoto da Sanepar), liberada ao tráfego no último dia 7, a Prefeitura de Umuarama construiu calçadas e saídas de sarjetas para direcionar o escoamento da água das chuvas e proteger os aterros. Com o passeio concretado, os usuários poderão atravessas a ponte com mais segurança, sem dividir espaço com os veículos na pista.

Para finalizar o serviço, nos próximos dias será aplicada a capa asfáltica na cabeceira recuperada, sentido rodovia PR-323.

A secretaria precisou interditar a ponte para os reparos por cerca de 10 dias, quando foram realizadas obras de reforço da estrutura e recuperação de aterros. O trabalho mais demorado foi feito na base, que recebeu uma grossa laje de concreto e preenchimento de espaços que estavam sendo erodidos pela água do córrego Pinhalzinho.

O rio precisou ser desviado para colocação de blocos de concreto e demolição, uma camada de pedra rachão e concreto usinado.

O acesso à ponte cedeu após as fortes chuvas do início do ano, que elevaram o nível do córrego e aceleraram a erosão. Uma sondagem revelou que o rio ‘roubava’ terra por baixo das alas. Foi necessário escavar as fundações e preencher os vãos com concreto.

Já o aterro da cabeceira foi escavado e reforçado com concreto, pedra rachão e brita graduada, além de mantas de bedim, restando apenas aplicar a nova capa asfáltica nos próximos dias. A ponte é uma importante ligação para os moradores do São Cristóvão, funcionários da Sanepar, moradores da zona rural e também alunos e professores do Colégio Agrícola Estadual e do campus de Ciências Agrárias da UEM (Universidade Estadual de Maringá).

(Assessoria)

Participe do nosso grupo no WhatsApp e receba as notícias do OBemdito em primeira mão.

Uvel
Porto Camargo