Fotos: PMU

Alunos dos CMEIs de Umuarama realizam trabalhos sobre o Dia da Consciência Negra

No Dia da Consciência Negra (20), que lembra a luta do líder Zumbi dos Palmares pela liberdade do seu povo, […]

Redação Publisher do OBemdito
Fotos: PMU
Alunos dos CMEIs de Umuarama realizam trabalhos sobre o Dia da Consciência Negra
Redação
OBemdito
20 de novembro de 2023 18h12

No Dia da Consciência Negra (20), que lembra a luta do líder Zumbi dos Palmares pela liberdade do seu povo, as escolas municipais de Umuarama apresentam à comunidade escolar uma série de trabalhos realizados durante o ano pelos estudantes, orientados pelas professoras. Durante o mês de novembro foram realizadas diversas apresentações artísticas, mostras culturais e atividades em sala de aula.

“Esta data é traz para as unidades educacionais a importância das discussões e ações para combater o racismo e a desigualdade social no país, um momento para resgatar e valorizar a história do povo negro e do povo indígena na luta pela liberdade no Brasil”, apontou a secretária municipal da Educação, Mauriza de Lima Menegasso.

Nos dias de hoje a data é reivindicada pelo movimento negro como símbolo de luta e conquista para a educação étnico-racial no ensino de História e Cultura Afro Brasileira, como determina a Lei 10.639/2003, que hoje marca 20 anos desse trabalho contra o racismo.

A lei determina que seja incluído do currículo escolar “o Estudo da História da África e dos africanos, a luta dos negros no Brasil, a cultura negra brasileira e o negro na formação da sociedade nacional, resgatando a contribuição do povo negro nas áreas sociais, econômicas e política pertinentes a História do Brasil”.

Em 2008 a referida lei sofreu modificações, incluindo os povos indígenas na luta por seus direitos, valorização e reconhecimento, portanto a lei trabalhada nos currículos escolares hoje é a Lei 11.645/2008, que torna obrigatório nos estabelecimentos de ensino fundamental e médio, públicos e privados, o estudo da história e cultura afro-brasileira e indígena.

As atividades iniciaram no último dia 14, no Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Helena Kolody, tiveram o ponto alto nesta segunda-feira, 20, e terminam com apresentações às 8h, 11h20 e 13h no CMEI Jardim Birigui. “Tivemos ações nos 19 CMEIs da cidade para que as crianças entendam a importância da data desde o ensino infantil, afinal estamos é de pequeno que se deve orientar os cidadãos para o enfrentamento do racismo e a compreensão da igualdade entre as pessoas”, completou a secretária da Educação, Mauriza Menegasso.

(Com informações assessoria PMU)

Participe do nosso grupo no WhatsApp e receba as notícias do OBemdito em primeira mão.