Foto: Reprodução/Redes Sociais

Paraná

Empresário baleado em Francisco Alves não resiste aos ferimentos e morre em Umuarama

Foto: Reprodução/Redes Sociais
Empresário baleado em Francisco Alves não resiste aos ferimentos e morre em Umuarama
Redação
OBemdito
22 de agosto de 2023 13h21

O empresário Alessandro Rodrigues, de 42 anos e que havia sido baleado por diversos disparos de arma de fogo na frente na manhã desta segunda-feira (21), em Francisco Alves, não resistiu e veio a óbito. A informação foi conformada pela 7ª Subdivisão de Polícia Civil de Umuarama na tarde desta terça-feira (22).

Alessandro havia sido transferido para o Hospital Cemil de Umuarama pouco após o crime, que aconteceu na Avenida Osvaldo Pamplona Pinto, centro da cidade. A motocicleta utilizada pela dupla de criminosos foi encontrada pela Polícia Militar (PM) na zona rural de Francisco Alves.

Os autores ainda não foram capturados. Qualquer informação sobre a localização dos criminosos pode ser repassado às autoridades de forma anônima pelos telefones (44) 3652-1262, (44) 99987-2150, 181 ou 190.

Ainda não há informações sobre velório e sepultamento de Alessandro.

O crime

Um morador de Francisco Alves foi baleado por vários disparos na manhã de segunda-feira (21). A vítima é Alessandro Rodrigues, 42 anos, empresário do ramo de móveis planejados. Devido à gravidade dos ferimentos foi necessário realizar seu translado para o Hospital Cemil de Umuarama.

A equipe da Polícia Civil de Iporã está investigando o caso, que ocorreu na Avenida Osvaldo Pamplona Pinto, centro da cidade. De acordo com o Delegado Felipe Martins, o fato ocorreu por volta 10h30. A Polícia Militar (PM) foi acionada e informou que o local foi ‘contaminado’ por populares. O delegado foi ao local imediatamente ao tomar ciência e iniciar as diligências para identificar a autoria.

Extraoficialmente foram pelo menos quatro tiros: dois na cabeça, um no tórax e um na perna. A PM informou que ele foi transferido em estado crítico.

O delegado explicou que a perícia criminal esteve no local realizando os exames periciais, sendo encontrados estojos e projéteis de arma de fogo. Conforme a PM, são 11 cápsulas e 1 estilhaço de projétil, que foram entregues aos plantonistas da Polícia Civil. “No momento pode ser informado que foi utilizada uma pistola para atingir a vítima, sem mencionar o calibre”. A vítima foi atingida em frente à empresa da qual é proprietário.

As investigações estão em curso realizadas pela 15ª Delegacia Regional de Polícia de Iporã, além de contar com o apoio da PM.

Participe do nosso grupo no WhatsApp e receba as notícias do OBemdito em primeira mão.
<