Sicred
Instituto Nossa Senhora Aparecida
Agência Estadual Publisher do OBemdito

Com obras de R$ 30 milhões, Sanepar dobra capacidade do abastecimento de Campo Mourão

O sistema de abastecimento de água de Campo Mourão está recebendo investimentos de mais de R$ 30 milhões em obras […]

Foto: AEN
Foto: AEN
Com obras de R$ 30 milhões, Sanepar dobra capacidade do abastecimento de Campo Mourão
Agência Estadual - OBemdito
Publicado em 20 de janeiro de 2023 às 19h54 - Modificado em 20 de janeiro de 2023 às 19h55
Gastro Umuarama
Atlanta Pneus
Porto Camargo
Cupom Local
9 Espetaria

O sistema de abastecimento de água de Campo Mourão está recebendo investimentos de mais de R$ 30 milhões em obras de ampliação da captação e do tratamento. A capacidade de produção de água será dobrada, garantindo o atendimento da demanda da cidade pelos próximos 30 anos.

O volume de água captado no Rio do Campo terá um aumento de 174,4 litros por segundo. O transporte dessa água até a estação de tratamento será feito por uma nova uma tubulação, chamada de adutora, que já foi assentada, com cerca de 4 mil metros de extensão e 500 milímetros de diâmetro.

No sistema de tratamento, está em construção mais um módulo que, junto com as unidades operacionais existentes, somará 720 mil litros de água por hora, duplicando a capacidade de tratamento.

Em anexo, está sendo instalada uma estação de tratamento do lodo oriundo do processo de produção de água. O prazo para conclusão de todo o complexo de captação e tratamento é meados de 2024.

“Com a duplicação da capacidade do sistema, Campo Mourão terá a garantia de ter água tratada para 100% da população urbana por mais três décadas e vamos ter um sistema moderno e ambientalmente eficaz com o tratamento e disposição final dos efluentes da estação”, explica a gerente regional de Campo Mourão, Araceli Stela.

Interligações

A partir dos próximos dias e até a conclusão das obras, serão executadas obras de interligações entre os sistemas atual e novo. Isso será feito em etapas, que vão exigir a interrupção temporária do fornecimento de água. Stela diz que algumas paradas poderão afetar o abastecimento em toda a cidade. A primeira grande parada está marcada para o dia 31 de janeiro. Os trabalhos serão feitos a partir das 4 horas da madrugada e se estendem até as 4h da madrugada de 1º de fevereiro.

Nos dias das paradas programadas serão necessárias e imprescindíveis a compreensão e a colaboração da população. No dia 31, por exemplo, haverá a paralisação do sistema durante 24 horas, e a população deverá priorizar o uso da água para alimentação e higiene pessoal. A lavagem de roupas, carros e calçadas ou as limpezas mais pesadas devem ser postergadas para outros dias da semana.

OBemdito com AEN

Participe do nosso grupo no WhatsApp e receba as notícias do OBemdito em primeira mão.

Porto Camargo