Saúde

Profissional de Umuarama recebe o prêmio de Biomédica do Ano do Conselho Federal

Michele Toninato de Assumpção, de 30 anos, ficou muito lisonjeada com a honraria

Foto: Luiz Fernando/OBemdito
Profissional de Umuarama recebe o prêmio de Biomédica do Ano do Conselho Federal
Luiz Fernando Abreu
OBemdito
22 de junho de 2022 19h36

A umuaramense Michele Toninato de Assumpção, de 30 anos, recebeu, na última quinta-feira (16) o prêmio de “Biomédica do Ano” do Conselho Federal de Biomedicina, durante um congresso da categoria realizado na cidade de Goiânia, em Goiás.

A honraria é feita anualmente, entretanto, em 2021 o evento não foi celebrado, portanto a profissional escolhida neste ano representa a junção dos dois últimos anos. Os critérios para escolha do representante anual variam, porém o conselho sempre leva em conta a contribuição para a área.

Michele, que se formou em Biomedicina em 2014 na Unipar, possui especialização em Análises Clínicas pela Uningá e em Microbiologia Clínica pela Academia de Ciências e Tecnologia de São José do Rio Preto, em São Paulo, além de possuir um MBA em andamento por Gestão de Saúde e Auditoria, também na Uningá.

A contribuição de Michele para a Biomedicina é vasta. Além de seu último TCC (Trabalho de Conclusão de Curso) que expõe um estudo sobre dosagem de Dímero D em pacientes com Covid-19, a profissional costuma publicar vários vídeos em suas redes sociais e na do seu trabalho, no Laboratório de Análises Clínicas Pronto Análise, onde explica ao público suas funções como biomédica.

“Eu nem acreditei quando recebi”, relatou Michele, em conversa com OBemdito. “Eles me mandaram uma carta, e eu achei que era brincadeira. Mostrei para minha coordenadora de curso e ela confirmou: ‘Michele, é verdade’. Eu fiquei muito feliz.”, completou.

Sobre a profissão

O Biomédico é o profissional que é responsável por realizar exames que possibilitem o diagnóstico por imagem de variadas condições, através de exames de biologia molecular e coleta de material.

Os profissionais da área podem pesquisar e desenvolver produtos obtidos por biotecnologias, manipular microrganismos e executar exames clínicos em laboratórios e hospitais, para ajudar a identificar patologias humanas.

Ele identifica e classifica os microorganismos causadores de enfermidades, e possibilita a fabricação de medicamentos e vacinas que ajudem a combatê-las.

Participe do nosso grupo no WhatsApp e receba as notícias do OBemdito em primeira mão.

LEIA TAMBÉM