Umuarama

IAT autua morador de Umuarama por corte irregular de árvores nativas

Multa foi de R$ 11,7 mil. Madeira foi doada para uma entidade da cidade

A autuação acontece por desmatamento de 39 árvores nativas diversas em área urbana, sem autorização do órgão ambiental. Foto: IAT Umuarama
IAT autua morador de Umuarama por corte irregular de árvores nativas
Jaqueline Mocelin
OBemdito
3 de maio de 2021 20h17

O Instituto Água e Terra (IAT) realizou na última semana a autuação do proprietário de uma área urbana em Umuarama após constatar o corte irregular de árvores nativas. A madeira foi recolhida e doada para uma entidade do município.

De acordo com o IAT, através do artigo 53 do Decreto 6514/2008, a pessoa (que não teve o nome divulgado), recebeu um auto de infração ambiental (AIA) no valor de R$ 11,7 mil e teve a área embargada. A autuação acontece por desmatamento de 39 árvores nativas diversas em área urbana, sem autorização do órgão ambiental.

As madeiras apreendidas foram repassadas para a Casa da Paz, que está localizada nas imediações do bairro Panorama e atua com crianças e adolescentes do bairro e adjacências. São ofertadas diversas atividades em contra turno escolar.

Conforme o escritório regional do IAT, a entidade tem a possibilidade de vender a madeira e utilizar o dinheiro para investir em suas atividades e manutenção. Outras instituições da cidade foram beneficiadas com ações semelhantes do IAT (repasse de madeira, peixes ou outros itens apreendidos), como a Sociedade de Amparo aos Animais de Umuarama (Saau), a Associação de Pais e Amigos dos Autistas (AMA), Casa da Sopa, Lar São Vicente, entre outras.

LEIA TAMBÉM