Paraná

Granizo do tamanho de laranja, vento e chuva intensa causam forte destruição

Foto: Colaboração OBemdito
Granizo do tamanho de laranja, vento e chuva intensa causam forte destruição
Leonardo Revesso
OBemdito
24 de outubro de 2021 13h00

Ventos fortes, chuva intensa e granizos que chegaram ao tamanho de uma laranja causaram estragos gigantescos em municípios da região de Umuarama e do oeste paranaense. As imagens são impressionantes. O vento parecia levar tudo o que estava à frente.


Em Cruzeiro do Oeste, plantações inteiras de mandioca se perderam com a força das águas, que varreram o solo e levaram as ramas. As maiores ocorrências foram no distrito de São Silvestre. Telhados de casas também foram destruídos pelo granizo.
Na divisa dos municípios de Xambrê e Pérola, os moradores de Pindorama passaram um grande susto. Produtores rurais também tiveram prejuízos por causa da tempestade e do granizo.

Em Indianópolis, na região de Cianorte, a cobertura de um posto de combustíveis cedeu e foi ao chão. Não houve feridos.


Em Terra Roxa, o chão ficou branco de gelo. E não era de qualquer tamanho. Lavouras inteiras de soja foram completamente destruídas. O mesmo aconteceu em Palotina. Ainda no oeste do Estado, aviários desabaram e milhares de frangos morreram.

Em Umuarama, os maiores estragos foram registrados no distrito de Roberto Silveira, onde pelo menos 100 casas, a escola e o posto de saúde foram destelhados. A Prefeitura está distribuindo lonas plásticas como paliativo.

Participe do nosso grupo no WhatsApp e receba as notícias do OBemdito em primeira mão.

LEIA TAMBÉM