Sicred
Instituto Nossa Senhora Aparecida
Redação Publisher do OBemdito

Mais de 500 pessoas participaram da recreação Caixa Misteriosa no aniversário de Umuarama

Sessenta pessoas acertaram o conteúdo das cinco caixas e o ganhador de R$ 1 mil foi o umuaramense Gabriel Zago

Foto: Assessoria PMU
Foto: Assessoria PMU
Mais de 500 pessoas participaram da recreação Caixa Misteriosa no aniversário de Umuarama
Redação - OBemdito
Publicado em 1 de julho de 2024 às 17h18 - Modificado em 1 de julho de 2024 às 17h24
Gastro Umuarama
Porto Camargo
Cupom Local
9 Espetaria
Atlanta Pneus

Entre as atrações oferecidas durante a festa em comemoração ao aniversário de 69 anos de Umuarama, realizada no Parque de Exposições Dario Pimenta Nóbrega entre os dias 25 e 30 de junho, destaque para a ‘Tenda Ambiental’. Além da exposição de plantas e animais silvestres empalhados, a recreação ‘Caixa Misteriosa’ foi a estrela do estande, que foi visitado por mais de mil pessoas.

A proposta era simples – e intrigante: cinco caixas plásticas foram colocadas em uma mesa, contendo elementos-surpresas, desconhecidos por todos. “De todos os visitantes, tivemos 507 corajosos que encararam a Caixa Misteriosa. E deste total, exatamente 60 (12%) pessoas acertaram o que continha em cada uma das cinco caixas e ficaram aptas a concorrer a R$ 1 mil, prêmio oferecido pela nossa parceira a Cooperativa C-Vale”, comenta o secretário Waltinho Sucupira.

O sorteio foi realizado ao vivo nesta segunda-feira (1°) durante a transmissão do Programa do Tatu (na Rede TV, às 12h15), e o ganhador foi o empresário Gabriel Zago. “Foram momentos muito divertidos. As pessoas se assustam em colocar a mão em um lugar que não sabem o que tem dentro. Ainda mais estando vendadas, como era o caso. Muitos pensavam que haviam bichos perigosos, mas, claro, jamais colocaríamos algum animal que fosse capaz de ferir alguém. Esse suspense foi o que mais intrigou a todos”, relata Fernanda Periard Mantovani, diretora de Meio Ambiente.

Ela relata que os únicos animas (vivos) colocados foram pequenos caranguejos e minhocuçus – uma espécie de ‘minhocas gigantes’. “Além desses dois animaizinhos, colocamos elementos como uma vassoura, coroa de abacaxi, rolhas, uma garra de brinquedo, um bicho de plástico, bucha vegetal, uma galocha, uma planta de plástico, bolinhas de gel, um pedaço de corda e o brinquedo Slime (geleca). E um dos objetos que mais assustou os participantes foi uma peruca: todos achavam que fosse um bicho peludo”, brinca Fernanda.

A diretora faz questão de registrar que os animais levados iam sendo revezados com algum tempo de atividade, para que não fossem estressados. “Eles também recebiam alimentação regular e foram acompanhados todo o tempo por nosso médico veterinário, desta forma não causamos danos de qualquer natureza a eles”, garantiu, acrescentando que a recreação Caixa Misteriosa deve entrar no rol de atividades que a Secretaria de Meio Ambiente vier a realizar nos próximos meses.

(Assessoria PMU)

53827954216 Ae8ea1eb8e C
53827039307 45befbc016 C
53828283689 1243019a15 C
53828283659 Ed685eeb88 C

Participe do nosso grupo no WhatsApp e receba as notícias do OBemdito em primeira mão.

Porto Camargo