Sicred
Instituto Nossa Senhora Aparecida
Stephanie Gertler Publisher do OBemdito

Equipes dos Bombeiros são acionadas por falso chamado de incêndio em Umuarama

O Corpo de Bombeiros de Umuarama recebeu um trote na tarde desta terça-feira (18), relatando um incêndio em residência.

Foto: Danilo Martins/OBemdito
Foto: Danilo Martins/OBemdito
Equipes dos Bombeiros são acionadas por falso chamado de incêndio em Umuarama
Stephanie Gertler - OBemdito
Publicado em 20 de junho de 2024 às 16h42 - Modificado em 20 de junho de 2024 às 16h42
9 Espetaria
Cupom Local
Porto Camargo
Gastro Umuarama
Atlanta Pneus

O Corpo de Bombeiros de Umuarama recebeu um trote na tarde desta terça-feira (18), relatando um incêndio em residência. As equipes chegaram rapidamente ao local informado, na Avenida Brasil, mas nada foi encontrado. Era um trote.

“Normalmente nossa equipe consegue identificar um trote rapidamente, mas nesse caso foi bem-feito. Acabamos deslocando tanto o caminhão quanto a ambulância, nossa equipe completa de prontidão, pois não tínhamos informações se havia vítimas no local”, explicou o tenente Tiago Alves.

O tenente também relatou que sete bombeiros foram deslocados e só no local perceberam que não havia nenhuma ocorrência.

“Felizmente fazia muito tempo que não nos deslocávamos para um trote. Com as novas ferramentas de identificação, hoje os números são menores do que antigamente. Acreditamos que a população tomou mais consciência, então é raro recebermos trotes. De vez em quando, algumas crianças insistem em ligar para o quartel, fazendo piadinhas, mas felizmente são poucos os casos”, comentou.

Tiago orientou que as pessoas não liguem sem necessidade, pois isso atrapalha a linha de atendimento. “Todas as vezes que nos deslocamos, existe a possibilidade de entrar um chamado real, e estarmos com as viaturas ocupadas pode agravar a situação de alguém que realmente precise do atendimento dos Bombeiros, podendo até causar a morte dessa pessoa”.

“Então, não dá para medir os danos desse tipo de comportamento. Por isso, pedimos que não passem trotes para os Bombeiros, pois nosso serviço é essencial. Por mais que achem que é apenas uma brincadeira, essa atitude pode ter resultados graves”, frisou o tenente.

O trote prevê pena de um a cinco anos de detenção e multa. Consiste em provocar a ação de autoridade, comunicando-lhe a ocorrência de crime ou de contravenção que sabe não se ter verificado.

Participe do nosso grupo no WhatsApp e receba as notícias do OBemdito em primeira mão.

Porto Camargo