Sicred
Instituto Nossa Senhora Aparecida
Rodrigo Mello Publisher do OBemdito

Moradores da região do Bosque Xetá reclamam do uso de drogas e da falta de segurança no local

Segundo eles, os usuários de drogas retiram um gradil que dá acesso ao bosque e entram no local, e isso tem provocado uma série de problemas para os moradores

Foto: Danilo Martins/OBemdito
Foto: Danilo Martins/OBemdito
Moradores da região do Bosque Xetá reclamam do uso de drogas e da falta de segurança no local
Rodrigo Mello - OBemdito
Publicado em 21 de junho de 2024 às 15h52 - Modificado em 21 de junho de 2024 às 15h52
Porto Camargo
Gastro Umuarama
Atlanta Pneus
9 Espetaria
Cupom Local

Moradores da Rua do Bosque, na região do Bosque do Xetá, entraram em contato com OBemdito nesta quinta-feira (20) para reclamar de uma situação que vem incomodando quem reside nas imediações. Segundo eles, os usuários de drogas retiram um gradil que dá acesso ao bosque e entram no local, e isso tem provocado uma série de problemas para os moradores.

“Tiraram a iluminação do bosque no ano passado, e agora tem um gradil aqui que eles [usuários de drogas] estão abrindo e entrando. O dia inteiro esse povo fumando pedra, e à noite estamos muito inseguros. Já liguei para a prefeitura e, até agora, ninguém resolveu nada”, afirmou um morador que não quis se identificar com medo de represálias dos usuários de drogas.

Segundo ele, uma noite dessas, um dos usuários tocou o seu interfone durante a madrugada. Outros moradores da região também já passaram por diversas situações inconvenientes. “É uma situação que está se agravando na medida em que o tempo passa. Precisamos de uma solução”, completou.

OBemdito entrou em contato com a prefeitura de Umuarama para saber quais obras estão sendo realizadas no bosque e quais ações serão tomadas para diminuir a insegurança dos moradores. No entanto, até a publicação desta reportagem, não havia resposta do setor responsável.

Já o Centro Pop (Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua) disse que o órgão não recebeu nenhuma denúncia nos últimos dias a respeito desta situação. Entretanto, afirmou que enviaria uma equipe para o local para verificar a denúncia e fazer abordagens, se necessário.

“Não chegou nada ainda. Vou informar a equipe para fazer as orientações no local. Além disso, vou sugerir ao pessoal do departamento de obras para fechar o local e para a Guarda Municipal monitorar a região”, afirmou Roger Bruno Brambilla Giopato, coordenador do Centro Pop.

Dsc 6192

Conforme ele, em situações como esta, a orientação é para que os moradores entrem em contato com o Centro Pop, que fará a verificação o mais breve possível. “Nós orientamos para que as pessoas liguem para fazer a denúncia. Mas é importante que seja na hora em que presenciarem a situação, porque, se necessário, se for algo mais grave, acionamos também a Guarda Municipal”, finalizou.

O Centro Pop fica localizado na Avenida Rio de Janeiro, 4435, esquina com a Avenida Flórida, Zona I. Os telefones para contato são (44) 3906-1070, (44) 2030-3887 e (44) 9-8457-1260 (WhatsApp do Plantão). O atendimento acontece de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 12h e das 13h30 às 17h. No fim de semana, somente pelo plantão.

Dsc 6207

Participe do nosso grupo no WhatsApp e receba as notícias do OBemdito em primeira mão.

Porto Camargo