Instituto Nossa Senhora Aparecida
Sicred
Redação Publisher do OBemdito

Secretaria de Obras de Umuarama apresenta ações em evento universitário de inovações

A palestra foi feita pelo secretário Renato Caobianco, que falou para universitários da Unipar no evento Hackup Smart City

Foto: Assessoria PMU
Foto: Assessoria PMU
Secretaria de Obras de Umuarama apresenta ações em evento universitário de inovações
Redação - OBemdito
Publicado em 19 de junho de 2024 às 17h40 - Modificado em 19 de junho de 2024 às 17h44
Atlanta Pneus
Porto Camargo
9 Espetaria
Cupom Local
Gastro Umuarama

A Secretaria Municipal de Obras, Planejamento Urbano e Projetos Técnicos foi convidada para apresentar um painel elencando as ações da administração pública diante dos problemas urbanos enfrentados pelo município. A palestra foi feita pelo secretário Renato Caobianco, que falou para universitários da Unipar (Universidade Paranaense) no evento Hackup Smart City.

A apresentação aconteceu durante a Fecoum – Feira da Construção de Umuarama – realizada de 6 a 9 deste mês de junho. A feira, que teve o apoio da Prefeitura de Umuarama, recebeu milhares de visitantes da cidade e região e os organizadores reconheceram o trabalho da Secretaria de Obras do município, que foi convidada a participar com uma das palestras principais pelo professor Igo Nunes, do curso de Engenharia Civil da Unipar.

Formado pela Universidade Paranaense em 2017, com pós-graduação em gerenciamento de projetos, gestão pública e estruturas de concreto e fundações, atuante na Prefeitura desde 2018, Renato Caobianco apresentou um resumo das ações da Secretaria de Obras no enfrentamento dos principais problemas urbanos vividos pela população de Umuarama.

Explicou que a secretaria é composta pelas diretorias de Obras, Planejamento Urbano e Projetos técnicos, e que administra o 3º maior orçamento do município (atrás apenas dos setores de Saúde e Educação). O secretário apresentou as fases da aprovação de um loteamento, citou o planejamento de médio prazo definido pela administração (Projeto MasterPlan – Umuarama 2025.

O projeto é gerido pela Secretaria de Indústria, Comércio e Inovação com apoio das demais secretarias) e discorreu sobre a legislação municipal que rege o setor (planos Diretor, de zoneamento, uso e ocupação de solos, parcelamento de solo, perímetro urbano, sistema viário e códigos de Obras e de Posturas).

Como o foco principal era os problemas urbanos, o engenheiro falou sobre drenagem pluvial (principais causas, pontos de alagamento e ações realizadas pelo município), esgotamento sanitário, tráfego e mobilidade urbana, com respetivas ações, elaboração do Plano de Mobilidade e pavimentação.

Destacou a duplicações e criação de vias de acesso ao município – como as avenidas Frei Orlando Busato, Ariovaldo Rodrigues de Moraes, Portugal, Pedromiro Fernandes, Ivo Shizuo Sooma e projetos da Inácio de Lira, Felipe Furquim e Contorno Oeste, além da duplicação da PR-323.

Citou investimentos na recuperação, conservação e ampliação da malha asfáltica de Umuarama, que entre julho do ano passado e dezembro próximo devem superar R$ 65 milhões e totalizar mais de 1 milhão de m² – ou 146,5 km, aproximadamente –; construção de ciclovias, melhorias no Aeroporto Regional Orlando de Carvalho, que passou a receber voos comerciais, sinalização viária, adequações em canteiros e outros serviços, além de projetos futuros.

“Outro desafio importante é o enfrentamento da marginalidade e a questão das pessoas em situação de rua, que por vezes acentuam a degradação ao patrimônio público. As ações neste aspecto são a criação de espaços que façam com que a população tenha o incentivo para usar e zelar”, definiu.

As reformas de espaços públicos também ajudam a combater problemas sociais, disse, citando como exemplos a revitalização recentemente das praças do Japão, Antônio Moraes de Barros (Ceprev) e Paulo VI (Catedral), entre várias reformadas, e informou que e inicia em breve a urbanização do Parque dos Ipês (antigo Poliesportivo).

Hackup Smart City

Dentro do maior evento da construção civil do Noroeste paranaense, os alunos da Unipar deram um show de inovação no Hackup Smart City, que envolveu sete grupos de alunos em uma maratona de soluções para a cidade de Umuarama e a região, com protagonismo, criatividade e muito trabalho em equipe.

“O Hackup teve o foco de estimular, nos alunos, a cultura de inovação e empreendedorismo com base tecnológica. Os projetos vencedores tiveram um olhar para a sustentabilidade e mobilidade”, destaca André Turetta, head de inovação na Unipar. A iniciativa teve palestras sobre arquitetura, urbanismo e engenharia e chamou a atenção pela qualidade técnica.

Os projetos vencedores foram “Sus….tentabilidade – Desenvolvimento de um poste com placa solar que capta água da chuva”, que ficou em primeiro lugar – os alunos dividiram um prêmio de R$ 2 mil; “Ônibus Popular – Aplicativo que facilita o entendimento das linhas de ônibus”, prêmio de R$ 1 mil; e em terceiro “Safe Escape – Aplicativo contra sinistro”, que faturou R$ 500.

(Assessoria PMU)

Participe do nosso grupo no WhatsApp e receba as notícias do OBemdito em primeira mão.

Porto Camargo