Instituto Nossa Senhora Aparecida
Sicred
Luiz Fernando Publisher do OBemdito

Idoso que desapareceu foi ajudado por casal do Jardim Viena que acionou o Samu

Leonildo Alves da Silva, de 80 anos, desapareceu após sair para ir no banheiro em uma UBS do Sonho Meu

Foto: Danilo Martins/OBemdito
Foto: Danilo Martins/OBemdito
Idoso que desapareceu foi ajudado por casal do Jardim Viena que acionou o Samu
Luiz Fernando - OBemdito
Publicado em 18 de junho de 2024 às 15h07 - Modificado em 18 de junho de 2024 às 18h45
Cupom Local
9 Espetaria
Atlanta Pneus
Gastro Umuarama
Porto Camargo

Familiares de Leonildo Alves da Silva, de 80 anos, que estava desaparecido desde a tarde de segunda-feira (17), respiram aliviados após o idoso ser encontrado na tarde desta terça (18). Ele, que desapareceu ao ir no banheiro durante uma consulta médica da esposa no posto de saúde do Sonho Meu, estava no bairro vizinho, o Jardim Viena, em Umuarama.

OBemdito foi ao local e conversou com Jennifer de Oliveira Pêgo, que é a sobrinha de Leonildo. Ela soube sobre o paradeiro do tio graças a um grupo de WhatsApp com familiares e pessoas próximas empenhadas em levantar informações sobre o idoso. Foi no início desta tarde que eles receberam informações Leonildo estar na rua Floripes de Abreu Faneco.

A descoberta foi possível pois um casal de moradores no Jardim Viena estranharam o estado de confusão de Leonildo e decidiram ajudá-lo. De acordo com a mulher que o acolheu, na tarde de ontem o filho dela percebeu o idoso passando com um saco nas costas na mesma rua de onde eles vivem. “Mas a gente não ficou prestando atenção nem nada. Aí hoje meio dia e pouquinho ele estava subindo muito devagar, se escorando em um pedaço de pau e sentou na calçada”, disse a mulher.

Tanto a moradora quanto o marido dela ficaram preocupados e decidiram verificar o se o idoso precisava de ajuda. “Meu esposo foi ali conversar, mas ele (Leonildo) não dizia coisa com coisa. Ele dizia que doía muito as pernas e os pés. Aí eu arrumei dois sanduíches e o meu esposo chamou o Samu. Eu acredito que ele dormiu ali na mata e voltou aqui depois”.

Whatsapp Image 2024 06 18 At 13.45.40
Foto: Colaboração OBemdito

WhatsApp ajudou

Antes de ir trabalhar, o morador da residência publicou no grupo de WhatsApp do bairro sobre a situação envolvendo Leonildo. Pessoas então o reconheceram e enviaram as informações para os familiares, que enviaram Jennifer para buscar o tio.

O Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Emergência) prestou o atendimento inicial a Leonildo, porém ele estava bem e sem ferimentos durante o atendimento. Todavia, ele se mostrou um pouco desorientado. A Polícia Militar (PM) foi ao local e aguardou a chegada da família.

“E eu vim, e era ele, graças a Deus”, comemorou Jennifer. Ela também explicou que o tio só está um pouco confuso, principalmente considerando que ele não toma seus remédios para hipertensão ou Alzheimer desde ontem de tarde. “Mas sem nenhum ferimento, graças a Deus”.

A sobrinha também afirmou que é a primeira vez que algo desse tipo acontece com o tio. Há informação de que pessoas no posto de saúde do Sonho Meu avistaram Leonildo entrando em um ônibus, porém nada foi confirmado e o idoso não soube explicar onde estava ou como chegou ao local.

Whatsapp Image 2024 06 18 At 14.34.10
Foto: Danilo Martins/OBemdito

Desaparecimento

Leonildo Alves da Silva desapareceu na tarde de segunda-feira (17). Ele, que sofre com Alzheimer, acompanhava sua esposa, Salete Soares Vito da Silva, de 66 anos, em consulta médica na unidade básica de saúde no Sonho Meu, bairro onde residem. Durante a visita, ele saiu para ir ao banheiro e não retornou.

Salete relatou para OBemdito que as buscas pela região começaram imediatamente após o desaparecimento e continuaram toda a noite. Na manhã desta terça-feira (18), ela compareceu à delegacia para registrar um boletim de ocorrência sobre a situação.

014
Foto: Arquivo pessoal

Participe do nosso grupo no WhatsApp e receba as notícias do OBemdito em primeira mão.

Porto Camargo