Lançoni
Umuarama 69 anos
Sicred
Instituto Nossa Senhora Aparecida
Redação Publisher do OBemdito

Agência Nacional de Petróleo fiscaliza três postos de combustíveis em Umuarama

Operação foi solicitada pelo Procon, que recebeu denúncias formais no canal de atendimento ao consumidor

Foto: Assessoria PMU
Foto: Assessoria PMU
Agência Nacional de Petróleo fiscaliza três postos de combustíveis em Umuarama
Redação - OBemdito
Publicado em 5 de junho de 2024 às 16h16 - Modificado em 5 de junho de 2024 às 16h19
Porto Camargo
Lançoni
Gastro Umuarama
Cupom Local
9 Espetaria
Atlanta Pneus

Atendendo à solicitação formal do Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor – Procon Umuarama, a ANP (Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustível) enviou equipe de fiscalização para analisar denúncias a respeito da qualidade dos combustíveis comercializados especificamente em três estabelecimentos. A operação foi realizada na última terça-feira (4). Nenhum dos postos foi autuado.

Segundo o secretário Eduardo Henrique Ceranto, as denúncias foram feitas formalmente no canal de atendimento ao consumidor do Procon Umuarama. “Todas as denúncias e reclamações foram de motoristas que relataram ter abastecido seus veículos nesses postos e que eles notaram que os carros ficaram ‘engasgando’, com baixo desempenho. Desta forma acionamos a ANP para que, junto de nossa equipe de fiscalização, realizasse uma ação especial para podermos responder aos cidadãos”, detalhou.

A ANP enviou Jorge Daróz, Especialista em Regulação de Petróleo e Derivados, Álcool Combustível e Gás Natural, que veio de São Paulo com uma equipe para a execução da operação. “Analisamos por meio de testes locais de parâmetros de qualidade previstos na Resolução ANP nº 898, de 18/11/2022. Também realizamos a verificação da quantidade fornecida nos bicos abastecedores do posto revendedor, entre outros pontos”, detalha.

Após realizar as análises e testes, Daróz informou que não foram constatadas irregularidades que pudessem gerar interdição ou necessidade de penalização imediata dos empresários. “Em um dos três postos visitados nós decidimos colher material [combustíveis] para fazer uma análise mais aprofundada, mas não por termos verificado qualquer irregularidade e sim para testagens de rotina realizadas regularmente pela ANP”, explicou, acrescentando que os resultados devem ser divulgados em cerca de 30 dias.

Whatsapp Image 2024 06 05 At 16.17.55

(Assessoria PMU)

Participe do nosso grupo no WhatsApp e receba as notícias do OBemdito em primeira mão.

Porto Camargo
Uvel