Instituto Nossa Senhora Aparecida
Lançoni
Sicred
Umuarama 69 anos
Foto: Assessoria
Redação Publisher do OBemdito

Após divulgação, irmão identifica paciente internado no Hospital Norospar

Naor Soares foi socorrido na segunda-feira (27) e estava sem documentos e com dificuldades na fala

Foto: Assessoria
Após divulgação, irmão identifica paciente internado no Hospital Norospar
Redação - OBemdito
Publicado em 28 de maio de 2024 às 09h34 - Modificado em 28 de maio de 2024 às 09h38
Gastro Umuarama
Porto Camargo
9 Espetaria
Lançoni
Atlanta Pneus
Cupom Local

Naor Soares Fernandes foi socorrido pelo Samu na última segunda-feira (27) e encaminhado ao Hospital Norospar, em Umuarama, com suspeita de fratura no fêmur. No hospital, além de não portar documentos, a equipe médica percebeu que o paciente tinha dificuldades de fala. A equipe assistencial utilizou diversos meios para tentar se comunicar e identificar o paciente, sem sucesso.

Após intensa divulgação nos meios de comunicação de Umuarama, um irmão de Naor entrou em contato com a unidade hospitalar. Na manhã desta terça-feira (28), após familiares comparecerem ao Hospital Norospar, o paciente foi finalmente identificado. A administração do Hospital Norospar agradece aos meios de comunicação e à comunidade pela colaboração.

Naor Soares Fernandes passou por exames detalhados e seu quadro de saúde é estável. Ele será submetido, ainda nesta manhã, a uma cirurgia para correção da fratura que sofreu no fêmur.

A importância da identificação do paciente em uma unidade hospitalar

A identificação correta de um paciente é crucial em uma unidade hospitalar por vários motivos. Primeiramente, permite que a equipe médica tenha acesso ao histórico médico do paciente, essencial para a elaboração de um tratamento adequado e seguro. Sem essa informação, há um risco aumentado de reações adversas a medicamentos ou procedimentos.

Além disso, a identificação facilita a comunicação com familiares, que podem fornecer detalhes importantes sobre a condição de saúde e ajudar no suporte emocional do paciente. Também é vital para questões administrativas, como a gestão de registros médicos e a coordenação de cuidados entre diferentes departamentos do hospital.

Por fim, a identificação assegura que o paciente receba cuidados personalizados e de alta qualidade, reduzindo erros médicos e aumentando as chances de recuperação. Em casos de emergência, como o de Naor Soares Fernandes, a colaboração da comunidade e a eficiência da comunicação são fundamentais para o rápido esclarecimento da identidade do paciente e a continuidade do atendimento médico adequado.

(Assessoria de Comunicação Hospital Norospar)

Participe do nosso grupo no WhatsApp e receba as notícias do OBemdito em primeira mão.

Uvel
Pós Unialfa
Porto Camargo