Lançoni
Instituto Nossa Senhora Aparecida
Umuarama 69 anos
Sicred
Fotos: Assessoria PMU
Redação Publisher do OBemdito

Parte da Estrada Paca já recebeu pavimentação asfáltica e outro trecho está sendo preparado

Moradores da estrada Paca já podem transitar por um trecho asfaltado da via rural. Mais da metade da estrada, localizada […]

Fotos: Assessoria PMU
Parte da Estrada Paca já recebeu pavimentação asfáltica e outro trecho está sendo preparado
Redação - OBemdito
Publicado em 9 de maio de 2024 às 20h52 - Modificado em 9 de maio de 2024 às 20h52
Gastro Umuarama
Porto Camargo
Cupom Local
Lançoni
9 Espetaria
Atlanta Pneus

Moradores da estrada Paca já podem transitar por um trecho asfaltado da via rural. Mais da metade da estrada, localizada entre o campus de Ciências Agrárias da Universidade Estadual de Maringá (UEM) e a estrada Canelinha, recebeu a capa asfáltica nesta semana enquanto a parte final está sendo preparada com a base em solo-cimento para pavimentação nos próximos dias.

A frente de trabalho conta com maquinário do Consórcio Intermunicipal para Conservação das Bacias dos Rios Xambrê e Piquiri (Cibax), que realiza os serviços preliminares de limpeza e adequação de leito, e equipe da Secretaria Municipal de Obras, Planejamento Urbano e Projetos Técnicos, que utiliza veículos e máquinas pesadas da Prefeitura para o agulhamento e aplicação da massa asfáltica quente (CBUQ).

De acordo com o prefeito Celso Pozzobom, o projeto tem previsão de investimento de R$ 2,5 milhões para a pavimentação da estrada, com extensão de 2.600 metros. “A obra inclui faixas laterais gramadas e sinalização viária completa. É um serviço completo, que vai beneficiar pequenos produtores e diversas propriedades, facilitando o acesso à rodovia PR-323 e outros pontos da cidade”, apontou.

Na avaliação do prefeito, o avanço tem sido satisfatório. Segundo Pozzobom, a obra tem sido executada de forma rápida, com qualidade e economia de recursos graças à parceria entre a Prefeitura e o Cibax e divisão de custos entre o município e os proprietários rurais.

O secretário de Serviços Rodoviários, Mauro Liutti, tem acompanhado a obra diariamente e explicou que os sitiantes participarão com o pagamento por metro linear, conforme a ‘testada’ de cada propriedade. “Graças à parceria, o valor foi bem reduzido”, acrescentou. “Com a união entre a Prefeitura, o Cibax e os proprietários, conseguimos assegurar esta importante obra que trará mais conforto, segurança e qualidade de vida a todos, além da valorização das propriedades”, comentou.

(Reportagem: Assessoria PMU)

Participe do nosso grupo no WhatsApp e receba as notícias do OBemdito em primeira mão.

Uvel
Porto Camargo