Umuarama 69 anos
Lançoni
Instituto Nossa Senhora Aparecida
Sicred
Agência Estadual Publisher do OBemdito

Aviões do Paraná levam veterinários, medicamentos e internet ao Rio Grande do Sul

O transporte aéreo integra uma série de medidas dentro da iniciativa SOS RS

Foto: Jenifer Formanquevski/Casa Militar/AEN
Foto: Jenifer Formanquevski/Casa Militar/AEN
Aviões do Paraná levam veterinários, medicamentos e internet ao Rio Grande do Sul
Agência Estadual - OBemdito
Publicado em 7 de maio de 2024 às 18h24 - Modificado em 7 de maio de 2024 às 18h30
Porto Camargo
9 Espetaria
Cupom Local
Gastro Umuarama
Atlanta Pneus
Lançoni

Aeronaves da Casa Militar do Paraná têm cumprido uma função estratégica para prestar ajuda à população do Rio Grande do Sul nos últimos dias. Na manhã desta terça-feira (7), coordenadores e médicos veterinários da Defesa Civil do Paraná foram transportados para a cidade de Santa Cruz do Sul para reforçar o auxílio às vítimas, enquanto no período da tarde equipamentos de internet via satélite foram levados à Canoas para restaurar a conectividade de equipes.

O transporte aéreo integra uma série de medidas dentro da iniciativa SOS RS, que é coordenada pelo gabinete da primeira-dama, Luciana Saito Massa, e a Coordenadoria Estadual da Defesa Civil do Paraná. No domingo (5), o avião da Casa Militar já havia entregue oito bolsas de nutrição parental (NPT), uma alimentação especial em formato de soro, para serem administradas em três crianças que estão internadas em hospitais de Santa Maria, além de uma na cidade de Santiago.

Os profissionais transportados agora foram o coordenador estadual da Defesa Civil, Fernando Schunig, e o chefe da Divisão de Gestão de Riscos do órgão estadual, major Daniel Lorenzetto. Ambos foram ao Rio Grande do Sul para supervisionar as atividades operacionais dos profissionais paranaenses envolvidos e para articular o trabalho conjunto com a Defesa Civil gaúcha.

Além dos coordenadores, três veterinários que integram a estrutura da Defesa Civil Estadual também compuseram a nova comitiva. Eles vão atuar no atendimento médico de animais que estão sendo resgatados nas casas que foram afetadas pelas enxurradas.

À tarde, os profissionais da Casa Militar também desembarcam junto com dois especialistas em conectividade de internet via satélite em Canoas à tarde, que é a cidade que possui o aeroporto operando mais próximo à cidade Porto Alegre.

Segundo o chefe da Casa Militar, tenente-coronel Marcos Tordoro, os equipamentos deverão ser instalados no Gabinete de Crise da capital gaúcha para retomada da conexão da equipe com o restante do Brasil. “O Governo do Estado está empregando todo o aparato da Casa Militar para ajudar a população do Rio Grande do Sul em diferentes frentes. Além dos profissionais e equipamentos, estamos levando novas bolsas de nutrição parental à Santa Maria para as famílias que precisam desse insumo com urgência”, disse.

Pacote Humanitário  

A atuação das aeronaves da Casa Militar complementa as mais de 190 toneladas de donativos já enviadas ao Rio Grande do Sul – outras cerca de 300 toneladas estão em separação pela Defesa Civil e os quartéis dos Corpos de Bombeiros Militar continuam a receber doações em todo o Paraná.

O pacote humanitário inclui ainda cinco caminhões-pipa da Sanepar para ajuda no abastecimento de água e 32 policiais, oito viaturas, uma embarcação e um helicóptero da Polícia Militar para atuação no policiamento ostensivo.

Participe do nosso grupo no WhatsApp e receba as notícias do OBemdito em primeira mão.

Uvel
Porto Camargo