Umuarama 69 anos
Instituto Nossa Senhora Aparecida
Lançoni
Sicred
Jaqueline Mocelin Publisher do OBemdito

UniAlfa estabelece convênio de cooperação com a Polícia Penal do Paraná

A UniAlfa Faculdade e a Polícia Penal do Paraná celebraram, na última semana, a assinatura de Termo de Cooperação Técnica […]

Fotos: Assessoria UniAlfa
Fotos: Assessoria UniAlfa
UniAlfa estabelece convênio de cooperação com a Polícia Penal do Paraná
Jaqueline Mocelin - OBemdito
Publicado em 6 de maio de 2024 às 15h22 - Modificado em 6 de maio de 2024 às 15h22
9 Espetaria
Lançoni
Atlanta Pneus
Gastro Umuarama
Porto Camargo
Cupom Local

A UniAlfa Faculdade e a Polícia Penal do Paraná celebraram, na última semana, a assinatura de Termo de Cooperação Técnica e de doação de mobiliário, carteiras escolares, visando a realização de ações e projetos que envolvam alunos e docentes da faculdade na Cadeia Pública de Umuarama. O objetivo é a formação de detentos no projeto de leitura.

O propósito da UniAlfa com o convênio é fomentar a vivência acadêmica em casos práticos e consequentemente relacionar a teoria à prática, contribuindo gratuitamente com um projeto de formação direcionado a ressocialização de pessoas da comunidade de Umuarama e da região, o que cumpre, com um de seus papéis fundamentais que é a aproximação da academia junto à sociedade.

A assinatura contou com a presença do Dr. Arnobe Lemes dos Reis, Diretor da Regional de Umuarama do Depen; com o Sr. Helton Bezerra de Lima, Gestor da Cadeia de Umuarama; o Professor Roberto Catarin, Diretor na UniAlfa; a Professora Laís Bueno Coordenadora do Curso de Pedagogia; a Professora Débora Baggio, Coordenadora do Curso de Psicologia; a Professora Rosane Meyer, Coordenadora do Curso de Direito e o Professor Thiago Prado, Coordenador dos Cursos do Núcleo de Gestão.

Na primeira etapa do projeto houve a participação dos acadêmicos e docentes do curso de pedagogia. A intenção a partir de 2024 é estendê-lo aos demais cursos de graduação da UniAlfa.

Para a Coordenadora do Curso de Pedagogia essa é uma possibilidade de “preparar pedagogos para atuarem em diversos contextos de aprendizagem. Então, construir este projeto de leitura na cadeia para remissão de pena promove possibilidades de desenvolvimento tanto para o acadêmico de pedagogia em formação, quanto para as pessoas privadas de liberdade que precisam de condições e oportunidades para mudar o contexto e a realidade em que estão habituados a conviver”.

Para o Dr. Arnobe Lemes dos Reis, Diretor da Regional de Umuarama do Depen o convênio “contribuirá com o processo de ressocialização das pessoas privadas de liberdade da Cadeia Pública de Umuarama e na remição de pena através da leitura e dos cursos de formação das diversas áreas do conhecimento.

“Não temos dúvidas que somente através dessas parcerias com as instituições de ensino é que podemos transformar realidades e garantir a reinserção social das pessoas presas”, acrescentou Reis.

Já o Gestor da Cadeia Pública de Umuarama, Sr. Helton Bezerra de Lima, entende que “o projeto de remição de pena pela leitura é de suma importância para o processo de tratamento penal e ressocialização das pessoas privadas de liberdade (PPL)”.

Lima comentou ainda a valorização da UniAlfa, sendo um parceiro relevante da Polícia Penal e que sempre está disposta a apoiá-los em projetos sociais, agora, com mais áreas do conhecimento.

A visão de Lima converge com a visão do Professor Catarin. Para ele, “a celebração deste importante convênio atesta mais vez que a UniAlfa tem cumprido seu papel social enquanto Instituição de Ensino Superior, promovendo projetos de extensão que contribuem de modo significativo com a comunidade de Umuarama e Região e, também no aprendizado dos nossos acadêmicos. Por isso, manifesto a minha gratidão ao Dr. Arnobe Lemes dos Reis pelo convite para ampliação deste convênio”.

A UniAlfa fomenta os convênios de cooperação pedagógica e técnica como recurso de grande relevância no processo de formação, que auxilia a instituição no desenvolvimento acadêmico e social, direcionado para o mercado de trabalho.

(Assessoria UniAlfa)

Participe do nosso grupo no WhatsApp e receba as notícias do OBemdito em primeira mão.

Uvel
Porto Camargo