Lançoni
Umuarama 69 anos
Sicred
Instituto Nossa Senhora Aparecida
Agência Estadual Publisher do OBemdito

311 cidades do Paraná tiveram saldo positivo na geração de empregos no 1º trimestre

A maioria dos municípios paranaenses tem motivo de sobra para comemorar o Dia do Trabalhador. Das 399 cidades, 311 tiveram […]

Foto: José Fernando Ogura/AEN
Foto: José Fernando Ogura/AEN
311 cidades do Paraná tiveram saldo positivo na geração de empregos no 1º trimestre
Agência Estadual - OBemdito
Publicado em 1 de maio de 2024 às 16h17 - Modificado em 1 de maio de 2024 às 16h17
Atlanta Pneus
Gastro Umuarama
Cupom Local
Porto Camargo
9 Espetaria
Lançoni

A maioria dos municípios paranaenses tem motivo de sobra para comemorar o Dia do Trabalhador. Das 399 cidades, 311 tiveram saldo positivo na geração de empregos no primeiro trimestre do ano, o que equivale a 78% delas. Juntas, elas ajudaram no bom resultado do Paraná no período.

O Estado foi o terceiro no País e o primeiro no Sul que mais abriu postos de emprego formais, com um saldo de 69.618 novas vagas nos primeiros três meses do ano. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados na terça-feira (30) pelo Ministério do Trabalho e Emprego.

O levantamento também mostra que, em sete municípios, o número de contratações e de demissões foi o mesmo no período. As outras 81 cidades registraram saldo negativo na geração de empregos.

“É uma alegria celebrar o Dia do Trabalhador com milhares de paranaenses conseguindo o tão sonhado emprego com carteira assinada”, afirmou o governador Carlos Massa Ratinho Junior. “Nosso Estado vem se destacando nacionalmente, com o maior crescimento da atividade econômica do País e com um avanço expressivo do PIB. Esse dinamismo se reflete nos nossos municípios, já que a maior parte deles está com o mercado de trabalho aquecido”.

Curitiba respondeu por quase 30% das vagas abertas entre janeiro e março, com 20.390 novos postos de trabalho formais. Entre os 10 maiores empregadores do Estado, também estão Maringá (3.643), Londrina (3.643), Cascavel (2.831), Ponta Grossa (2.523), São José dos Pinhais (2.255), Toledo (1.738), Araucária (1.646), Pinhais (1.035) e Foz do Iguaçu (963).

Completam o top 30 na geração de empregos no trimestre as cidades de Guarapuava (939), Colombo (915), Arapongas (878), Pato Branco (877), Francisco Beltrão (862), Ibiporã (831), Assis Chateaubriand (805), Apucarana (778), Irati (741), Campo Largo (703), Palmas (690), Rolândia (635), Medianeira (544), Fazenda Rio Grande (526), Campo Mourão (513), Almirante Tamandaré (490), Mandaguari (439), Paranavaí (404), Paiçandu (402) e Marechal Cândido Rondon (398).

MARÇO

O bom desempenho do Paraná no trimestre também foi observado no mês de março, com 17.858 novos postos com carteira assinada no Estado, liderando novamente o mercado de trabalho no Sul e ficando em quarto lugar no País.

No mês, 66% dos municípios tiveram saldo positivo na geração de empregos, com 264 cidades contratando mais pessoas do que demitindo. Em outros 13 municípios, o número de admissões e de demissões foi o mesmo, e 122 tiveram saldo negativo de vagas.

Mais uma vez, a capital paranaense lidera a geração de empregos no Estado. Curitiba abriu 2.667 novos postos de trabalho em março, e é seguida por Ponta Grossa (1.103), São José dos Pinhais (1.065), Maringá (966), Cascavel (849), Guarapuava (525), Pinhais (487), Assis Chateaubriand (428), Londrina (397) e Colombo (364).

Entre os 30 maiores empregadores do Paraná no mês, também estão Toledo (330), Pato Branco (329), Irati (315), Foz do Iguaçu (309), Ibiporã (292), Campo Largo (281), Arapongas (263), Jandaia do Sul (261), Francisco Beltrão (248), Santo Antônio da Platina (245), Almirante Tamandaré (196), Campo Mourão (185), Mandaguari (181), Medianeira (176), Cambé (174), Cornélio Procópio (166), Apucarana (159), Rolândia (148), Piraquara (143) e Palotina (127).

Participe do nosso grupo no WhatsApp e receba as notícias do OBemdito em primeira mão.

Uvel
Porto Camargo