Instituto Nossa Senhora Aparecida
Sicred
Lançoni
Umuarama 69 anos
Foto: Danilo Martins/OBemdito
Redação Publisher do OBemdito

Umuarama: Nova edição da campanha E-Lixo acontecerá em junho

A feira de coleta fará parte da programação do 69º aniversário de Umuarama

Foto: Danilo Martins/OBemdito
Umuarama: Nova edição da campanha E-Lixo acontecerá em junho
Redação - OBemdito
Publicado em 19 de maio de 2024 às 12h07 - Modificado em 19 de maio de 2024 às 12h09
Cupom Local
9 Espetaria
Gastro Umuarama
Atlanta Pneus
Lançoni
Porto Camargo

A Secretaria Municipal do Meio Ambiente realizará neste ano mais uma edição da campanha de recolhimento de lixo eletrônico (o chamado ‘e-lixo’). A feira de coleta, que fará parte da programação do 69º aniversário de Umuarama, ficou marcada para o dia 4 de junho, dentro da semana em que é comemorado o Dia Mundial do Meio Ambiente (5/06).

Os detalhes da ação foram definidos durante reunião recente da comissão constituída para organizar o evento, realizada de forma on-line. Ficou estabelecido que a coleta ocorrerá das 10h às 17h, em um ambiente montado na avenida Dr. Ângelo Moreira da Fonseca, no espaço da feira do produtor realizada às quartas-feiras.

A população poderá descartar no local todo tipo de material eletrônico inservível, como rádios, TVs, equipamentos de som, de vídeo, de informática e de comunicações, eletrodomésticos, cabos e também lâmpadas, pilhas e baterias velhas. “Receberemos lâmpadas de uso doméstico, ou seja, apenas residenciais e não de empresas, graças a uma parceria que estabelecemos com a rede Planalto, para a destinação correta”, lembrou a diretora do Meio Ambiente, Fernanda Periard Mantovani.

A Campanha E-Lixo é realizada pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e conta com o apoio da Universidade Paranaense (Unipar), UniAlfa Faculdade, Instituto Federal do Paraná (IFPR), da Cooperativa de Reciclagem de Umuarama (Cooperuma) e da rede de supermercados Planalto.

Na última edição, no ano passado, foram arrecadados 5.480 quilos de eletrônicos diversos, que deixaram de ser descartados no meio ambiente. “O volume foi mais um recorde. Desde a criação do evento, em 2011, já contabilizamos mais de 140 toneladas de materiais recolhidos”, lembrou Fernanda, destacando que se descartados no aterro sanitário ou contato com o ambiente, esse material poderia compromete o lençol freático e áreas de proteção ambiental.

O lixo eletrônico é um problema global e afeta não apenas o meio ambiente, mas a saúde humana e dos animais. O projeto E-lixo visa promover a conscientização sobre os impactos negativos que esses produtos exercem sobre o meio ambiente e que a reciclagem de eletrônicos é fundamental para preservar a natureza e evitar a contaminação de solos, mananciais e outros recursos naturais.

(Assessoria PMU)

Participe do nosso grupo no WhatsApp e receba as notícias do OBemdito em primeira mão.

Porto Camargo
Uvel
Pós Unialfa