Foto: Assessoria PMU

Saúde

UBS Sonho Meu oferece atendimento em saúde mental em horários especiais

Foto: Assessoria PMU
UBS Sonho Meu oferece atendimento em saúde mental em horários especiais
Redação
OBemdito
11 de fevereiro de 2024 08h14

Um programa, criado pela Sesa (Secretaria de Estado da Saúde), está proporcionando mais qualidade de vida para usuários da unidade de saúde Sonho Meu, que agora têm a oportunidade de receber atendimento diferenciado em saúde mental. A parceria com a Atenção Primária em Saúde (APS) oferece cuidados especiais dentro do projeto chamado de ‘Estratificação de Risco em Saúde Mental’ e a UBS fica aberta duas vezes por semana em horário especial, das 17h às 20h.

O secretário municipal de Saúde, Edson dos Santos Souza, esclarece que saúde mental não deve ser confundida com doença mental. “Saúde mental está relacionada à forma como a pessoa reage às exigências da vida e ao modo como harmoniza seus desejos, capacidades, ambições, ideias e emoções. Ter saúde mental é estar bem consigo mesmo e com os outros, aceitar as exigências da vida e saber lidar com as boas emoções”, detalha.

Ele destaca que o principal objetivo do programa é qualificar o compartilhamento do cuidado entre a Atenção Primária à Saúde (APS) e a Atenção Especializada. “Foram elaborados materiais para auxiliar no processo de trabalho das equipes, destacando-se o instrumento de estratificação de risco, o plano de cuidados e a planilha de programação para a APS. Ou seja, todos os profissionais e equipes foram capacitados para que o programa tenha sucesso”, observou.

A diretora da 12ª Regional de Saúde em Umuarama, Viviane Herrera Ufemea, ressalta que a estratificação de risco como ferramenta para o acompanhamento dos pacientes é fundamental. “Por meio deste sistema de avaliação, podemos identificar o nível de necessidade de cada indivíduo e direcionar o cuidado de forma mais precisa e eficaz. E o melhor: dentro da sua unidade básica de saúde”, pontuou.

As ações no Sonho Meu também dão continuidade na campanha Janeiro Branco, que aborda o tema saúde mental. “A iniciativa visa facilitar o acolhimento da população e ampliar o acesso a este cuidado tão importante. Mesmo com todas as ações disponibilizadas pela Sesa às regionais, a maioria das equipes da APS no Paraná ainda não conseguiu se efetivar como ordenadora da rede e coordenadora do cuidado em saúde mental. Desta forma, Umuarama mais uma vez se destaca e torna-se referência a outros municípios”, registra Viviane.

Leia Inês de Andrade Silva, coordenadora da APS, relata que os atendimentos são realizados mediante agendamento prévio e contam com o apoio de uma equipe multidisciplinar composta por enfermeiros e médicos. “Após a triagem inicial, os pacientes são acolhidos e acompanhados de forma individualizada, de acordo com suas necessidades”, explica.

A coordenadora ressalta que a iniciativa da unidade de saúde do Sonho Meu é um exemplo de como a APS pode ser uma porta de entrada para o cuidado com a saúde mental. “Ao oferecer um atendimento diferenciado e preventivo, podemos contribuir para a promoção da saúde mental da população e evitar o agravamento de quadros psicológicos”, frisa.

Expansão de Unidades

Diante do sucesso da iniciativa, a Secretaria Municipal de Saúde avalia a possibilidade de expandir o projeto para outras unidades da Atenção Básica. “O objetivo é ampliar o acesso à saúde mental e oferecer um atendimento de qualidade para toda a população. Muitas pessoas confundem saúde mental com doença mental”, afirmou o secretário municipal de Saúde,

E seguiu: “Pessoas mentalmente saudáveis compreendem que ninguém é perfeito, que todos possuem limites, que vivenciam emoções como alegria, amor, satisfação, tristeza, raiva e frustração, sendo capazes de enfrentar os desafios e as mudanças com equilíbrio, sabendo procurar ajuda quando têm dificuldade em lidar com conflitos, perturbações, traumas ou transições importantes nos diferentes ciclos da vida”.

(Assessoria PMU)

Participe do nosso grupo no WhatsApp e receba as notícias do OBemdito em primeira mão.
<