Paraná

Construção de 34 casas está em andamento em Cruzeiro do Oeste

A previsão de entrega é o final do segundo semestre de 2021

Foto: Assessoria
Construção de 34 casas está em andamento em Cruzeiro do Oeste
Redação
OBemdito
14 de julho de 2021 20h58

Está em andamento a construção de 34 moradias na cidade de Cruzeiro do Oeste. Há alguns dias a prefeita Helena Bertoco e as secretárias Eliane Correia (Planejamento) e Selma Bezerra (Ação Social) receberam representantes da Superintendência da Cohapar. O objetivo foi vistoriar a construção das casas, que estão sendo feitas através do Programa Casa Fácil Urbano (uma parceria do Governo do Estado do Paraná).

Os imóveis estão sendo construídos pela Construtora Guilherme, com investimentos da ordem de R$ 2,8 milhões. Os modelos das residências têm entre 39 e 44 metros quadrados. Há algumas unidades de 43 metros quadrados adaptadas para pessoas com deficiência.

Todos os domicílios são compostos por dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço externa, em lotes que permitem ampliações futuras pelos proprietários. A obra ainda está no estágio inicial com 9,20% de medição e a previsão de entrega é para o final do segundo semestre de 2021.

O futuro residencial faz parte do programa Casa Fácil Urbano, com a obra licitada, fiscalizada e acompanhada pela Cohapar, tocada com recursos obtidos pelo Governo do Estado.

O geólogo Fabio Ortigara, Superintendente de Obras da Cohapar, informou que as visitas têm como objetivo de verificar o andamento das obras, vistoriar instalações, uso e suprimento de EPI’s, bebedouros, marmiteiros, gerenciamento de resíduos seguindo as normas de proteção ambiental e orientação aos responsáveis locais quando encontradas questões a serem resolvidas, bem como na assistência aos trabalhadores e às famílias que serão contempladas com as moradias.

A vistoria serve também para verificar a situação com as medidas de segurança no combate e prevenção à pandemia e com relação à segurança dos colaboradores, tanto quanto ao uso de EPIs e álcool gel e o descarte de resíduos da construção civil de maneira correta.

Também participaram do encontro o Coordenador Regional José Evangelista de Albuquerque, o Chefe Regional da Cohapar Raimundo Andrade e o Engenheiro Civil Sílvio Marcio Rodacki.

(Redação e Assessoria)

Participe do nosso grupo no WhatsApp e receba as notícias do OBemdito em primeira mão.

LEIA TAMBÉM