Instituto Nossa Senhora Aparecida
Sicred
Legare Filho Publisher do OBemdito

Após falso roubo de ração para frango, PM desarticula quadrilha em Umuarama

Três homens foram presos e um adolescente apreendido durante a situação

(Foto: Ricardo Trindade)
(Foto: Ricardo Trindade)
Após falso roubo de ração para frango, PM desarticula quadrilha em Umuarama
Legare Filho - OBemdito
Publicado em 10 de abril de 2021 às 18h22 - Modificado em 12 de abril de 2021 às 11h36
Porto Camargo
9 Espetaria
Cupom Local
Atlanta Pneus
Gastro Umuarama

Três homens foram presos na manhã deste sábado (10) três homens foram presos e um adolescente apreendido após simularem um roubo para desviar uma carga de ração para frangos de uma empresa de Umuarama. A ocorrência foi encaminhada para a sede da 7ª Subdivisão Policial (7ª SDP) para medidas.

Durante a madrugada as equipes do 25º Batalhão de Polícia Militar (25º BPM) foram acionadas para atender a uma situação de roubo de carga. O caminhoneiro que trabalha em uma empresa de alimentos sediada na rodovia PR-323, em Umuarama, teria sido mantido refém por três pessoas, que roubaram 18 toneladas de ração enquanto ele transportava a carga avaliada em R$ 30 mil.

A vítima disse que foi libertada uma hora e meia após o crime – entre 1h e 3h30 da madrugada – e retornou à empresa onde o supervisor acionou a PM. Aos policiais o motorista disse que tinha sido mantido refém nas imediações de Mariluz e por essa razão equipes do 7º Batalhão de Polícia Militar (7º BPM) também foram mobilizadas.

O trabalho conjunto resultou na localização do caminhão da empresa, que tinha rastreador (o equipamento foi desligado durante o roubo). Quando os policiais estavam retornando de Mariluz para Umuarama visualizaram um outro caminhão que estava carregado com ração e decidiram checar.

No local estavam pai e filho adolescente, que os policiais acreditaram ter envolvimento no roubo ao motorista. Na casa foi encontrada uma espingarda calibre 28, mas o homem negou que tivesse roubado a carga e disse que havia comprado a ração de um conhecido em Mariluz.

Os policiais então retornaram a Mariluz para falar com o suposto vendedor, que afirmou que havia comprado a carga de ração do motorista da empresa, a suposta vítima. Então os policiais questionaram o motorista que acabou confessando que tudo não passava de uma armação para roubar a carga da empresa.

Todos os envolvidos estavam cientes do plano e forjaram um falso roubo para desviar 18 toneladas de ração que seria vendida por R$ 18 mil – bem abaixo do valor de mercado. O dinheiro seria dividido entre os membros da quadrilha e, segundo a Polícia Militar, pode haver outras pessoas envolvidas no esquema criminoso.

O caminhão utilizado para o transbordo da carga não é roubado e foi apreendido. A ração e o caminhão da empresa foram recuperados e os acusados levados para a delegacia de Umuarama bem como W.F.S., 26 (motorista), O.J.B., 36 (pai do adolescente), J.V.R.B., 17  e L.F.C.T., 25 (que negociaria a carga). O caso será investigado pela Polícia Civil (PC).

Confira a entrevista com o tenente Hélio Carvalho, do 25º BPM:

Participe do nosso grupo no WhatsApp e receba as notícias do OBemdito em primeira mão.

Porto Camargo