Paraná

Polícia apura venda de lacres para fraudar medidores de água da Sanepar em Goioerê

Os funcionários constataram que o hidrômetro estava travado

FOTO: Divulgação Sanepar
Polícia apura venda de lacres para fraudar medidores de água da Sanepar em Goioerê
Redação
OBemdito
10 de junho de 2021 12h49

  A suspeita da venda de lacres para fraudar medidores de água em Goioerê levou um funcionário da Sanepar a registrar um boletim de ocorrência. O boletim foi registrado na delegacia, após a notificação da venda de lacres do tipo que são utilizados pela empresa, visando fraude em medidores.

Uma equipe da Sanepar foi até uma casa na Rua Canadá, no Jardim América, em Goioerê, depois de receber a informação de que o dono tinha comprado lacres, e constatou que o medidor estava devidamente lacrado com lacres novos. Perto do medidor foram encontrados lacres novos, dentro de um balde. As informações são do site Goionews.


 Ao abrir uma torneira, os funcionários constataram que o hidrômetro não se mexia, estando travado. Eles, então, abriram o medidor e verificaram que o hidrômetro estava sendo travado por um arame.
 Os funcionários da Sanepar desobstruíram o hidrômetro e o lacraram com lacres especiais, numerados. O morador não estava na casa no momento da visita dos funcionários.
                               

Há uma informação de que os lacres estão sendo vendidos por um jovem. Há crime tanto na venda dos lacres visando fraude, como em seu uso para travar o medidor e ocorrer o furto de água.

LEIA TAMBÉM